Últimas

Equipes da PC-AM prendem dois homens suspeitos de homicídio de policial militar em Manaus

Durante operação policial, deflagrada no decorrer de segunda-feira (09/08), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), cumpriu dois mandados de prisão temporária, em nome de Jeferson de Lima Menezes, 25, conhecido como “Playboy”, e Robson Oliveira de Araújo, 28, conhecido como “Latrol”, suspeitos de envolvimento no homicídio do cabo da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Rosenaldo Paz da Silva, que tinha 38 anos.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Conforme o delegado Charles Araújo, titular da DEHS, o crime ocorreu no dia 24 de abril deste ano, em um frigorífico localizado no bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul de Manaus, onde a vítima estava trabalhando como segurança particular.

A autoridade policial informa, ainda, que imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que os dois indivíduos chegaram ao local, em uma motocicleta, e efetuaram disparos de arma de fogo contra o policial, que foi atingido na cabeça.

“Na ocasião, foi divulgado um vídeo com as imagens do fato, e pudemos perceber que o policial militar estava próximo a um frigorífico, quando foi surpreendido por esses dois indivíduos, que estavam tentando roubá-lo; e ali, durante o assalto, ele acabou recebendo um disparo de arma de fogo e acabou não resistindo aos ferimentos”, informou o delegado.

Segundo o titular, a prisão de Jeferson ocorreu por volta das 10h, de segunda-feira, na rua Nestor Paz, bairro Zumbi dos Palmares, zona leste da capital, já o mandado em nome de Robson foi cumprido durante a tarde, por volta das 16h, no Centro de Detenção Provisória de Masculino (CDPM), onde o mesmo responde pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

“Robson estava preso, e possuía o apelido de ‘latrol’, que remete aos crimes de latrocínio, justamente porque é uma pessoa contumaz nesse tipo de infração criminal. Não são um ou dois, são vários registros de ocorrência nesse sentido. Inclusive, ele é apontado como o autor dos disparos que acertaram o policial militar, e infelizmente o levaram a morte”, explicou o delegado.

Procedimentos – Jeferson e Robson irão responder pelo crime de homicídio, e após os procedimentos cabíveis, para audiência de custódia, na Central de Recebimento e Triagem (CRT), e ficarão à disposição da Justiça.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.