Últimas

‘Essa obra vai continuar o legado dele’, diz filho de engenheiro homenageado em nova Estação de Tratamento de Esgoto

Maior Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Norte do país, a ETE Waldir Santana Brito foi batizada em homenagem ao engenheiro que dedicou 40 anos ao planejamento, supervisão e construção de sistemas de abastecimento de água potável em mais de 42 municípios do Amazonas. Inaugurada nesta quinta-feira (26/08) pelo governador do Estado, Wilson Lima, a estação fica localizada no bairro Educandos, zona sul da capital.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com Wilson Lima, em discurso durante a cerimônia de inauguração, a homenagem foi uma forma encontrada pelo Governo do Estado para eternizar e agradecer ao engenheiro pelos serviços prestados, que ajudaram a mudar a vida de milhares de amazonenses.

“Continuaremos fazendo obras que efetivamente mudam a vida das pessoas, que transformam a vida das pessoas, assim como sonhava o engenheiro que empresta o nome para essa obra, o seu Waldir, que implantou pelo menos 40 sistemas de abastecimento de água no interior. Trabalhou na implantação lá da Ponta do Ismael, no sistema do Mauazinho, e todas as vezes que alguém entrar nessa obra vai ver o nome dele e lembrar do legado que ele deu”, destacou o chefe de estado.

Presente no local, o presidente do Centro de Serviços Compartilhados (CSC) e filho de Waldir, Walter Siqueira Brito, não escondeu a emoção de ver o nome do pai batizar a nova obra. Ele diz ver a homenagem com muito merecimento pelos mais de 40 anos dedicados ao saneamento do estado.

“Essa obra vai continuar o legado dele, vai melhorar a vida das pessoas, porque foi isso ele sempre procurou, e honra a vida dele como uma pessoa que sempre se dedicou a essa causa. A família está muito agradecida ao governador Wilson Lima”, destacou Walter.

Walter ainda aproveitou para revelar o sentimento da família no momento em que soube da homenagem. “Eu fiquei muito emocionado, minha irmã chorou muito. Nós temos família em Belém também, meu pai era paraense, e toda a família ficou muito emocionada, agradecida ao governador porque é o reconhecimento de um trabalho de tanto tempo. Ele teve várias homenagens em vida, mas essa homenagem após sua passagem é o que com certeza vai mais marcar a carreira dele”, conclui.

Estação – A nova ETE conta com capacidade para tratar até 300 litros por segundo e vai beneficiar 192 mil pessoas em Manaus. Os investimentos são da ordem de R$ 48,4 milhões, com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida do Governo do Amazonas.

A obra é também a primeira ETE construída pelo Programa Social e Ambiental de Manaus e do Interior (Prosamin+) na capital, nos 14 anos em que o programa, inicialmente chamado Prosamim, é executado.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.