Últimas

Fuam inicia comemorações pelos 66 anos com atividades científicas e lançamento de projetos

A Fundação Alfredo da Matta (Fuam) celebra no sábado (28/08) 66 anos de história. Para comemorar a data, a instituição fará uma programação especial na semana que antecede o aniversário, incluindo uma mostra científica e o lançamento de dois importantes projetos institucionais: a Pedra Fundamental do Hospital Dia Dr. Luiz Cláudio Dias e a entrega de calçados adaptados para pacientes de hanseníase.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Como já é tradição, uma mostra científica será realizada para apresentar à comunidade o que os pesquisadores da instituição têm realizado. Neste ano, os trabalhos serão dos bolsistas da turma 2020-2021 do Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic/Fuam) em formato de pôsteres, que ficarão em exposição nesta terça (24/08) e na quarta-feira (25/08), no hall de entrada da Fuam.

Cada bolsista irá apresentar os resultados de suas pesquisas, envolvendo temas como hanseníase, Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e dermatoses, como a psoríase.

Os bolsistas do Paic/Fuam fazem parte de um programa de iniciação científica fomentado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam). O convênio entre Fapeam e Fuam prevê a concessão de bolsas para estudantes de graduação de áreas relacionadas à atuação do Alfredo da Matta, por um período de 12 meses.

Os estudantes se envolvem em projetos de pesquisa de interesse institucional, sendo orientados por profissionais da Fundação. O intuito é despertar a vocação científica e incentivar talentos entre estudantes de graduação, e fortalecer os grupos de pesquisa da Fuam, estimulando pesquisadores a envolverem alunos de graduação nas atividades científicas.

Além disso, com o programa é possível proporcionar aos bolsistas a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa, promovendo a cooperação científica entre a Fuam e instituições de Ensino Superior do Amazonas.

Hospital Dia – A ampliação dos serviços a serem ofertados à população pela Fuam é um projeto que vem sendo amadurecido e pretende transformar a instituição em uma unidade hospitalar.

“Estamos solicitando a transformação da Fuam em unidade hospitalar, para que possa ser habilitada perante o Ministério da Saúde e ser credenciada junto ao Cadastro Nacional de Entidades de Saúde, o CNES, como uma unidade além de ambulatorial, também hospitalar”, explica o diretor da Fuam, Ronaldo Amazonas.

Com o projeto em andamento, a Fuam aproveita os festejos do aniversário de 66 anos para fazer o lançamento da Pedra Fundamental do chamado Hospital Dia Dr. Luiz Cláudio Dias, nome escolhido em homenagem ao médico da Fuam, falecido em março de 2021.

O lançamento da Pedra Fundamental será na quinta-feira (26/08), às 9h, no jardim do Alfredo da Matta.

Entrega de calçados – Também na quinta-feira, a partir das 9h30, inicia outro importante projeto da Fuam. Na data, serão entregues os primeiros pares de calçados adaptados para pacientes de hanseníase.

O projeto de adaptação de calçados vai beneficiar 300 pessoas com algum tipo de sequelas da hanseníase nos pés. Este é o número de pares de sapatos adaptados que serão doados aos pacientes.

A aquisição dos 300 pares de calçados foi possível graças a emenda parlamentar do deputado federal José Ricardo. Nesta doação, os calçados completos foram preparados para os pacientes, de acordo com as especificidades de cada um.

“A Fuam sempre realizou a adaptação de calçados com os tênis dos próprios pacientes, a novidade é o uso de novos recursos tecnológicos para a confecção das palmilhas, com uso de leitor scanner eletrônico e impressão 3D, um processo mais moderno e bem mais eficaz”, explica o diretor presidente da Fuam, Ronaldo Amazonas.

Celebração – A Fundação Alfredo da Matta (Fuam) foi fundada em 28 de agosto de 1955. Com uma tradição de 66 anos, a instituição segue realizando assistência, ensino e pesquisa, sendo Centro de Referência local, nacional e internacional em dermatologia tropical e ISTs.

É Centro Colaborador da Organização Mundial de Saúde/Organização Pan-Americana da Saúde (OMS/Opas) em pesquisa e treinamento em hanseníase para as Américas, sendo a coordenadora, no estado do Amazonas, do Programa de Controle da Hanseníase.

A instituição é centro de referência nacional e internacional para controle e combate à hanseníase, tendo uma tradição de 30 anos com o Programa de Residência Médica em Dermatologia, além de manter desde 2017, em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o Mestrado Profissional em Dermatologia.

Para o futuro, a Fuam almeja ampliar ainda mais sua atuação, habilitando-se como unidade hospitalar para continuar atendendo à população do estado do Amazonas com todo cuidado e eficiência com que vem desempenhando seu papel nestes 66 anos de existência.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.