Últimas

Governador Wilson Lima destaca que 120 mil famílias já foram beneficiadas com Auxílio Estadual Enchente

O Governo do Amazonas já beneficiou 120 mil famílias com o cartão Auxílio Estadual Enchente, implantado de forma inédita pelo governador Wilson Lima para socorrer vítimas da cheia recorde dos rios no estado. O auxílio, no valor de R$ 300, faz parte das ações da Operação Enchente, que inclui ajuda humanitária, ações de saúde e apoio para produtores rurais e empreendedores, como oferta de crédito e anistia de dívidas, para diminuir impacto da subida das águas.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Cumprimos a nossa meta de entregar 120 mil cartões do Auxílio Estadual Enchente. Um cartão que, diferentemente dos outros anos, ele chegou na hora certa. Em outros anos essa ajuda chegava depois que a enchente já tinha passado”, destacou o governador.

A entrega dos cartões já foi finalizada em 56 municípios e, até a próxima semana, termina em outros três, completando os 59 municípios que apresentaram situação de emergência ou decretaram estado de emergência em razão da cheia. O governador Wilson Lima esteve pessoalmente em várias dessas entregas, acompanhando as ações da Operação Enchente 2021.

Cada beneficiário recebeu um cartão com um crédito de R$ 300 em parcela única. O valor é usado pelas famílias para compra de itens da cesta básica, materiais de higiene e limpeza, e até mesmo para compra de madeira para construção de marombas, adaptação regional nas moradias nos períodos de cheia.

“Esse cartão deu a liberdade das pessoas comprarem aquilo que elas estavam precisando naquele momento. Podia ser uma cesta básica, podia ser kit de limpeza, de higiene pessoal, remédios. Foi uma ajuda muito significativa para os nossos irmãos, principalmente no interior que foram atingidos pela subida dos rios”, disse Wilson Lima.

Operação Enchente – Lançada pelo governador em março deste ano, a Operação Enchente inclui ajuda humanitária, com a doação de cestas básicas e kits de higiene, limpeza e dormitório, além de botijas de gás e água potável. Também foram instaladas estações de tratamento de água móvel em municípios com abastecimento comprometido pela cheia nas calhas do Juruá, Madeira e Purus. Municípios mais afetados também tiveram contas de consumo de água suspensa pela Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama).

Para apoiar produtores e empreendedores, o Governo do Estado concedeu crédito, renegociou e anistiou dívidas junto à Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), além de liberar o Crédito Solidário para pessoas que desenvolvem pequenas atividades, como serviços de beleza e venda de lanches.

O Governo do Estado também adquiriu produtos da agricultura familiar e de pescadores, que foram doados para famílias em situação de vulnerabilidade.

Na saúde, reforçou a distribuição de vacinas contra a Covid-19, medicamentos e insumos hospitalares nos municípios atingidos pela cheia, reforçando também as ações de vigilância sanitária e de distribuição de hipoclorito para purificar a água e evitar doenças decorrentes da cheia.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.