Últimas

Governo do Amazonas, por meio da FEI, realiza visita a aldeias em municípios do Baixo Amazonas

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação Estadual do Índio (FEI), realizou, de sexta-feira (27/08) a domingo (29/08), visita aos municípios de Maués, Nhamundá e Parintins. A ação teve como objetivo fazer um levantamento de demandas de comunidades indígenas do Baixo Amazonas, além de prestar apoio na regulamentação de documentos e no desenvolvimento das comunidades indígenas.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com o diretor financeiro-administrativo da FEI, Vanderlei Alvino, as visitas foram uma maneira de se aproximar dos povos indígenas e poder escutar as demandas de regiões mais afastadas.

“Com essa ação pudemos aproximar a FEI dos parentes, saber de suas necessidades. Durante a visita também nos reunimos com as lideranças, realizando o levantamento de cadeia produtiva dessa região do Baixo Amazonas, e estamos trabalhando para que a melhoria seja levada até eles”, disse.

Com o objetivo de desenvolver as políticas indígenas da região, os representantes da FEI tiveram conhecimento das necessidades e solicitações dos moradores da região por meio das lideranças.

O prefeito de Maués (a 276 quilômetros de Manaus), Júnior Leite, agradeceu o apoio e a regularização de documentos de associações e aldeias indígenas. Com a redução nos casos de Covid-19 e o avanço na vacinação, o município já se prepara para a realização futura da Festa do Guaraná.

“A presença da FEI neste fim de semana foi necessária, pois conseguiram auxiliar na regularização jurídica e fiscal das aldeias e associações”, assinalou o prefeito. “Contamos também com o apoio da FEI para a realização da ‘Feira de Artesanato Indígena’ em uma futura Festa do Guaraná”.

Em Nhamundá (distante 383 quilômetros da capital), o cacique da quarta linhagem da Aldeia Caçauá, Lucas Amokorá, da etnia Hixkaryana, agradeceu a presença da instituição no município.

“Somos gratos pela presença dos servidores que se deslocaram da cidade até o interior, para que possam escutar de perto nossos problemas e nos ajudar. Esperamos por mais visitas da FEI no município e agradecemos por toda ajuda que trouxeram até nós”, declarou.

No município de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), sete comunidades foram atendidas por meio da Associação indígena de Moradores do Rio Uaicurapá (Aimu) onde o presidente da associação, Manoel Carvalho Filho, pôde discutir os pedidos, entre elas estão a organização da agricultura familiar, o incentivo a prática de piscicultura, emissão da carteira de agricultor e outros.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.