Últimas

Idam oferece curso de boas práticas na produção de farinha a produtores indígenas de Tabatinga

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) realizou um curso sobre Boas Práticas na Produção de Farinha de Mandioca na comunidade de Umariaçu II, no município de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), entre os dias 26 e 30 de julho. A capacitação beneficiou 44 agricultores indígenas da comunidade e abordou boas práticas na fabricação de farinha de mandioca.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Segundo a engenheira florestal e gerente da unidade local em Tabatinga, Tainah Bruna Teixeira de Sousa, o curso foi organizado em comemoração ao Dia do Agricultor. “Este curso é um marco para os agricultores indígenas do município, pois é o primeiro que realizamos nesta comunidade. E já temos outros programados, um curso de derivados de mandioca e também um de avicultura”.

O curso atendeu os indígenas da comunidade Umariaçu II e foi ministrado pelo técnico em agropecuária do Idam e coordenador do Projeto Prioritário de Mandioca, Suzamar Santos, e pela coordenadora da cadeia prioritária de mandioca na unidade local, a agrônoma Gisele Magalhães. A programação abordou temas como uso de máquinas, colheita e recepção das raízes, armazenagem, lavagem e descascamento, ralação das raízes, prensagem da massa ralada, esfarelamento, peneiragem, torração e empacotamento.

Conforme Tainah, a proposta é que este seja o primeiro de uma série de cursos que serão oferecidos em comunidades de Tabatinga. A próxima comunidade a ser atendida será a comunidade de Novo Paraíso.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.