Últimas

Melhorias no transporte público são discutidas em workshop realizado pela Prefeitura de Manaus

A Prefeitura de Manaus realizou um workshop, na tarde desta segunda-feira, 23/8, na sede do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), para identificar gargalos e discutir melhorias no serviço de transporte público de Manaus, além de alternativas que não causem custos ao usuário.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Para o vice-presidente de Transporte do IMMU, Alexandre Frederico, o workshop é uma oportunidade de discutir a sustentação do transporte urbano. “Manaus não é diferente das outras capitais brasileiras onde o custo do transporte não pode ser repassado na tarifa para os usuários do sistema e, por isto, as prefeituras têm entrado com aporte de subsídios, para poder equilibrar os contratos vigentes. Neste momento, se busca, juntamente com outras secretarias, debater formas que possam melhorar este desequilíbrio financeiro, para que a Prefeitura de Manaus possa ofertar um transporte de melhor qualidade com o menor preço possível”, destacou.

No evento, o controlador-geral do município, Arnaldo Gomes Flores, realizou uma apresentação com propostas para otimizar o serviço de transporte em Manaus. “A Controladoria Geral do Município vem trabalhando, juntamente com o IMMU, para encontrar meios para avançar no equilíbrio financeiro do transporte coletivo urbano. A pandemia acentuou este problema e há um descompasso entre o custo operacional e as receitas. Este evento é um meio de encontrar alternativas sem causar prejuízos aos usuários”, frisou.

Técnicos do IMMU acompanharam a apresentação e fizeram sugestões para melhoria das propostas apresentadas. Também participou do workshop, o secretário Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), Clécio Freire, que apontou a importância do encontro para identificar problemas e soluções.

“Este evento tem uma importância ímpar para a gente, enquanto setor de transporte e secretaria de Finanças. Foi apresentado o resultado de uma auditoria realizada pela Controladoria Geral do Município e neste contexto iremos identificar quantos e quais são os principais gargalos do transporte público em Manaus, para encontrarmos soluções”, disse.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.