Últimas

Novo Ensino Médio: Secretaria de Educação inicia formação com professores de Manaus

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto deu início, nesta sexta-feira (27/08), à “Formação Continuada de Implementação da Reforma do Currículo e do Ensino Médio no Amazonas”, voltada a pedagogos e gestores que atuam nas escolas de Ensino Médio da capital. O ciclo de capacitação, uma parceria com o Instituto Iungo, segue até o dia 30 de setembro e possui uma metodologia autoinstrucional, que incentiva os participantes a refletirem com propriedade sobre o conteúdo.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A Jornada Pedagógica de abertura foi transmitida via Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam) e contou com a participação do secretário executivo adjunto pedagógico, Raimundo Barradas, e da diretora do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan), Ana Lucena.

“Essa formação atende ao proposto pela Lei nº 13.415, de 2017, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabelece uma mudança na estrutura do Ensino Médio. O curso tem como objetivo promover formação continuada aos profissionais da rede estadual para a realização de práticas que favoreçam as aprendizagens necessárias para o desenvolvimento do currículo, na etapa do Ensino Médio, visando tornar a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Referencial Curricular Amazonense realidades nas escolas do estado”, disse Raimundo Barradas.

De acordo com o secretário pedagógico, a mudança ampliou o tempo mínimo do estudante na escola, de 800 a mil horas, e definiu uma nova organização curricular, mais flexível e que contempla uma BNCC e os itinerários formativos, com foco nas áreas de conhecimento e formação técnica profissional. Com o avanço, a rede estadual prevê a implementação do Novo Ensino Médio no início do ano letivo de 2022.

“É uma satisfação enorme estarmos aqui, hoje, iniciando a primeira etapa da oferta desse curso que vem sendo construído a várias mãos, com muitos cuidados e atenção, pelo Comitê de Implementação da Reforma do Ensino Médio e Currículo e que tem a participação das equipes de formação do Cepan. É um curso ofertado em EaD, mas que tem uma preocupação em manter toda uma proposta de interação e contato, para que a gente possa, de fato, experienciar o que os alunos vão viver no currículo, os professores possam ter uma experiência similar e, assim, compreender, apropriar-se e perceber a importância dessa nova estrutura”, destacou Ana Lucena.

Novo Ensino Médio – A Lei nº 13.415/2017 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do Ensino Médio, ampliando o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para mil horas anuais (até 2022) e definindo uma nova organização curricular, mais flexível, que contemple uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a oferta de diferentes possibilidades de escolhas aos estudantes, os itinerários formativos, com foco nas áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

A mudança tem como objetivo garantir a oferta de educação de qualidade a todos os jovens brasileiros e de aproximar as escolas à realidade dos estudantes de hoje, considerando as novas demandas e complexidades do mundo do trabalho e da vida em sociedade.

Referencial Curricular Amazonense – O Referencial Curricular Amazonense – Etapa Ensino Médio (RCA-EM), documento que subsidiará as propostas curriculares e pedagógicas do Ensino Médio, foi homologado pelo Conselho Estadual de Educação do Amazonas, no último dia 21 de julho.

“O RCA-EM apresenta não somente a arquitetura do Ensino Médio, conforme disposto na Lei nº 13.415/2017, mas também as competências e habilidades segundo a BNCC – Etapa Ensino Médio. Desta forma, o documento apresenta a continuidade de mudanças advindas das etapas anteriores e busca contribuir para a escola oportunizar aos estudantes: autonomia, comportamento cidadão, protagonismo na construção de seu projeto de vida e valorização quanto à cultura amazônida, considerando o desenvolvimento da formação integral”, afirmou Raimundo Barradas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.