Últimas

Número de BOs relacionados a perfis fakes na internet duplica, e delegacia faz alerta à população

Cresceram 117,8% as denúncias de perfis falsos em redes sociais e aplicativos de relacionamento, nos seis primeiros meses de 2021, na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo a Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), da Polícia Civil do Amazonas, foram 575 ocorrências desta natureza, em média três reclamações por dia na capital amazonense.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O registro de Boletins de Ocorrência (BO) de falsa identidade na internet relaciona os perfis falsos à prática de crimes virtuais. De acordo com o delegado Rafael Montenegro, adjunto da DERCC, a maior parte está relacionada ao crime de difamação, mas há casos também de aplicação de golpes por meio das contas falsas em redes sociais.

“Muita gente faz o perfil fake para manchar a imagem de outra pessoa. Então ela entra em um site de relacionamento pessoal e começa a fazer uso desse meio virtual para atacar essa pessoa de forma não autorizada em lei”, diz Montenegro.

O universitário João Victor, de 23 anos, já teve sua imagem vinculada a perfis falsos em duas ocasiões. Na última, em julho deste ano, foi surpreendido por um amigo com a informação de que sua fotografia estava sendo usada com outro nome em uma rede de relacionamentos.

“Na hora eu fiquei sem reação, porque não era eu e não sabia o que fazer. Então pedi que ele denunciasse, para que o aplicativo fosse notificado e desse alguma advertência para aquele perfil. Mas, dessa vez optei por fazer um BO, por proteção mesmo. Vai que esta pessoa, que está se passando por mim, encontre alguém e tente fazer alguma coisa, seria o meu rosto ali”, disse.

Aplicativos e redes sociais possuem mecanismos para que os usuários possam denunciar perfis fakes. É uma forma do cidadão se proteger de criminosos. Entretanto, quando o delito é praticado por meio delas, é imprescindível procurar a delegacia para que uma investigação seja instaurada.

O delegado de Crimes Cibernéticos orienta que as vítimas armazenem o máximo de provas para facilitar as investigações. Para a delegacia, é importante levar prints de tela, testemunhas (se houver) e o máximo de informações possíveis, para que seja identificada a autoria e materialidade do crime.

A facilidade de abrir contas nas redes sociais deve deixar a todos de sobreaviso, resguardando ao máximo os cuidados com a troca de informações da rotina e dados pessoais. “É importante ter certeza de quem está do outro lado da tela, para que se evite outros crimes mais severos”, aconselhou Montenegro.

Como notificar – O registro de BO pode ser feito pela internet, por meio da página da Delegacia Virtual, no www.delegaciavirtual.am.gov.br. O cidadão também pode se dirigir a DERCC, que funciona no prédio da Delegacia-Geral da Polícia Civil, na avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, em frente ao Sambódromo.

PERFIS FALSOS (MANAUS)

Fonte: SSP-AM

• 2021 (Jan a Jun): 575 ocorrências

• 2020 (Jan a Jun): 264 ocorrências

• 2019 (Jan a Jun): 79 ocorrências

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.