Últimas

Prefeitura de Manaus realiza programação alusiva ao ‘Agosto Dourado’ nas creches municipais

A Prefeitura de Manaus realizou, nesta quinta-feira, 12/8, uma atividade alusiva ao Agosto Dourado, campanha de conscientização sobre a importância do aleitamento materno, com o tema “Proteja a amamentação: uma responsabilidade compartilhada”.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A ação, que contou com atividades de orientação aos pais ou responsáveis, ocorreu em 20 creches municipais, que atendem aproximadamente seis mil crianças.

O objetivo da ação é conscientizar pais e familiares sobre seu papel no apoio à prática do aleitamento materno, em um ambiente que permita a mãe manter a amamentação como fonte exclusiva de nutrição nos primeiros seis meses de vida da criança, e como fonte complementar até os dois anos.

A programação celebrada é referente à Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM), de 1º a 7 de agosto, e promovida anualmente pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno, da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A gerente de creches da Semed, Wissilene Brandão, destacou a programação em todas as unidades escolares sobre a temática no mês de agosto, mas principalmente, a importância do aleitamento materno, que tem a devida atenção da Semed.

“O leite materno é muito importante para o desenvolvimento infantil, por ser o alimento mais completo para o desenvolvimento humano. A gente trabalha com práticas que promovem o desenvolvimento integral como o aleitamento materno, ato que mais contribui para isso. Ele é importante para o desenvolvimento cognitivo, na proteção de diversas doenças e alergias, na primeira infância. A nossa maior contribuição é o entendimento das famílias sobre o tema”, explicou.

Atividade

A creche municipal Professora Dalvina do Nascimento Martins, localizada no bairro Cidade Nova, zona Norte, conta com um total de 186 crianças do maternal 1, 2 e 3, ainda com funcionamento de forma remota. A programação da escola contou com um encontro de integração entre família e creche, com o tema “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos”, com música e movimento, apresentação artística, sala do mamaço, entre outras atividades. Para a gestora Fabíola Tenório Neves, o encontro foi muito importante.

“As crianças pequeninas precisam desse aleitamento para evitar diarreia, aumentar a imunidade e manter o contato com a mãe. Nós fazemos essa integração para orientar algumas mães a não pararem, porque de 0 a 6 meses de idade, é direito da criança, após, devem continuar introduzindo outra alimentação, mas também continuar amamentando até 1 ano, no mínimo. Isso é uma forma de trazer os pais, principalmente as mães a ficarem mais próximas às ações da escola, e contar com nosso apoio, tirar dúvidas”, disse.

A gerente pedagógica, Karla Rodrigues, da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Centro-Sul, afirmou que o trabalho é grande para dar suporte às sete creches municipais da divisão. Para a educadora, a programação na escola mostra o quanto é fundamental o aleitamento materno.

“É muito importante essa atividade, pois, visa contribuir com a saúde das famílias da nossa comunidade e das nossas crianças, além de melhorar o processo de desenvolvimento na parte física, psicomotora e social. É fundamental esse trabalho que está sendo realizado hoje em todas as nossas creches”, finalizou.

A doméstica Anne Caroline da Silva Pena, 28 anos, mãe do aluno do maternal 3, Juan Gabriel da Silva, 3 anos, sabe muito bem sobre a importância da amamentação, pois tem três filhos.

“O evento incentiva a mãe a amamentar seus filhos, sendo muito importante para imunidade do bebê. Eu tenho três experiências, uma que amamentei e outras duas que não consegui. A gente verifica a diferença na imunidade, porque a que amamentei é muito forte, dificilmente pega uma gripe e fica doente. Os outros têm uma imunidade mais fraca, ficam doentes mais rápidos”, comentou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.