Últimas

Prefeitura realiza curso de ‘Criação de Texto’ ministrado por Tenório Telles

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), começou nessa terça-feira, 10/8, na Sala do Empreendedor, localizada na galeria dos Remédios, Centro, a terceira etapa do programa de formação continuada à classe artística de Manaus, o “Qualifica Artista Manauara 3.0”, com o curso de “Criação de Texto: Compreensão e Interpretação”, ministrado pelo presidente do Conselho, Tenório Telles, escritor e professor de carreira.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Uma turma de 37 alunos ansiosos aguardava a presença do professor, com uma carreira conhecida pela maioria dos presentes. A participação foi intensa por três horas, sem intervalo, uma aula que foi muito além do conteúdo técnico proposto para a criação de texto, com muito debate sobre o fazer artístico e a responsabilidade de se construir uma carreira relevante, além de lucrativa.

Telles, que assumiu a presidência do Concultura no início deste ano, ficou entusiasmado com a experiência de ajudar a impulsionar carreiras e talentos. "O conhecimento e o aprimoramento da subjetividade são pressupostos da atividade artística. Essa oficina foi concebida como um espaço de compartilhamento de experiências. Acredito na formação, e ministrar essa oficina foi a forma de demonstrar esse compromisso e motivar ações nesse sentido", destacou.

Afastado das salas de aula há mais de dez anos, Telles tem como um dos pilares de sua gestão à frente do Conselho a educação. "Foi bom voltar para a sala de aula após mais de dez anos e perceber que continua sendo um lugar de interlocução e rico de vivências. É animador observar tanta gente talentosa e interessada em fazer alguma coisa para mudar", relatou.

A artista visual Izabela Marques, 19, ilustradora em início de carreira, conseguiu uma vaga no curso de uma área oposta à sua, porque sentiu necessidade de se comunicar melhor. "Tenho medo de vender minhas obras, de passar as minhas ideias. É um mercado muito difícil, e quero me comunicar com facilidade", disse ela, que vende suas artes visuais pela internet. Sobre o curso, a artista disse que aprendeu muito mais que a técnica de escrever, abriu sua mente e vai servir para a sua vida.

O cantor e compositor Geraldo Júnior se diz um músico eclético, que gosta de vários estilos e está buscando se especializar para atuar profissionalmente. "Achei interessantíssimos os assuntos e temas abordados pelo Tenório, que vieram a enriquecer não só o meu vocabulário, mas a minha expressão artística". Ele também participou de todos os cursos do programa “Qualifica Artista Manauara”.

O produtor cultural Mateus da Silva Amaral já é um veterano na área de shows, mas procurou aprimorar os conhecimentos com a oportunidade dos cursos voltados aos artistas locais. "Quero me profissionalizar, aprender mais. Inclusive estou com um projeto bacana de acesso para a população à cultura, arte e história", revelou Amaral.

Esta etapa do “Qualifica Artista Manauara 3.0” continua nesta quarta-feira, 11/8, com o curso de “Marketing Digital”, com ênfase na Carreira Artística, com a mesma turma que fez o curso de texto.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.