Últimas

Professores e escolas da Prefeitura de Manaus recebem prêmio por participação em concursos de saneamento básico

Dois professores da Prefeitura de Manaus foram premiados nesta terça-feira, 10/8, por desenvolverem projetos voltados para o saneamento básico da cidade para os concursos culturais “Caminho das Águas” e “Manaus no Coração Educação”.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As ações fazem parte de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a empresa Águas de Manaus. A cerimônia foi realizada na escola municipal Professor Carlos Farias Ouro de Carvalho, no Monte das Oliveiras, zona Norte.

O professor Leandro Guimil, da escola municipal Professor Carlos Farias, e a professora Christia Gouveia, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Onias Bento da Silva, na Cidade de Deus, também na zona Norte, venceram dois concursos voltados para animações de stop motion (técnica que permite a criação de vídeos a partir de uma sequência de fotos). A temática foi a importância da água para o planeta e os educadores contaram com a participação de seus alunos.

O diretor do Departamento Geral dos Distritos (DGD), Júnior Mar, participou do evento e falou da importância que o prefeito David Almeida e o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, dão aos temas transversais que são fundamentais para uma educação de qualidade.

“O prefeito David Almeida e o secretário Pauderney entendem que o espaço da sala de aula deve ser usado para aprender português, matemática e outras disciplinas, mas também que os temas transversais precisam ser trabalhados com muito carinho. E a Semed faz isso, otimiza vários temas que são importantes para os nossos alunos, como essa ação em parceria com a Águas de Manaus”, pontuou.

Para o diretor-presidente da Águas de Manaus, Thiago Terada, a educação é a melhor forma de transformar a vida das pessoas. “Aprender técnicas mais modernas, que possibilitem uma nova maneira de aprendizagem é fundamental. A educação transforma a vida das pessoas, por meio desse projeto a gente procura colaborar com as escolas, para que haja realmente essa mudança na vida dos alunos, que possam usar futuramente na vida profissional”, disse Thiago.

Premiação

Após votação popular que aconteceu nos meses de maio, junho e julho, os professores Leandro Guimil venceu o “Manaus no Coração Educação”, que é a premiação local, e Christia Gouveia faturou o “Caminho das Águas”, nacional.

O professor Leandro criou uma animação com o tema ‘Água potável é o meu prêmio’, desenvolvida junto com os alunos do 8º ano. O vídeo contextualiza a questão do saneamento na cidade.

“A gente agradece, em nome da escola Carlos Farias. Não conhecia essa ferramenta e pretendo seguir produzindo vídeos com meus alunos. Ações como esta, da Semed e da Águas de Manaus, valorizam a educação em nossa cidade e dão oportunidade para que todos desenvolvam novas habilidades”, disse o professor.

Já Christia montou o vídeo “A dona Iguana ensina a criançada a cuidar da água”, juntamente com seus alunos do 1º ano. A animação narra uma conversa descontraída entre a dona Iguana, um jacaré, uma tartaruga e um jaraqui, que estão sofrendo com o igarapé poluído.

“Estou muito feliz com a premiação, em envolver todas as crianças nesse projeto, que só veio contribuir ainda mais com a nossa prática pedagógica, que mesmo na pandemia foi desenvolvido por todos com desenhos, ilustrações, ajudando na confecção do cenário, todos se envolveram”, afirmou.

Entre os prêmios, estão smartphones com tripé e tablet para os professores. A escola municipal Carlos Farias recebeu uma SmarTV de 50 polegadas. Já o CMEI Onias Bento receberá um projetor que poderá ser utilizado em diversas atividades da escola.

Além dos premiados, outros cem educadores da rede pública da cidade também participaram das atividades em ambos os concursos culturais.

Projeto

Em março deste ano, a concessionária Águas de Manaus e a Semed disponibilizaram oficinas gratuitas voltadas para a produção de vídeos de animação, utilizando a técnica de stop motion. Ao final das oficinas, os professores foram desafiados a produzir vídeos, em parceria com seus alunos, com animações que levassem à reflexão sobre a importância da água para o planeta.

“Participar desse projeto foi muito gratificante, além de muito divertido. Nós criamos laços com alunos das outras turmas que também desenvolveram o trabalho. Aprendemos bastante com tudo isso”, comentou Matheus Barbosa, aluno da escola Carlos Farias.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.