Últimas

Reeducandos brasileiros e colombianos do CDPM 2 são certificados em dois cursos profissionalizantes

Reeducandos brasileiros e colombianos que cumprem suas penas no Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 (CDPM 2) receberam, nesta terça-feira (03/08), certificados nos cursos de “Instalações Hidráulicas” e “Pintura Predial”.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As capacitações foram ofertadas na unidade por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), a empresa cogestora New Life Gestão Prisional e o Consulado da Colômbia.

Ao todo, as qualificações contaram com a presença de 26 reeducandos brasileiros que estão inseridos no programa de ressocialização “Trabalhando a Liberdade”, sendo 13 no de “Instalações Hidráulicas”, que teve 120 horas de carga horária total, e mais 13 no de “Pintura Predial”, curso que foi ofertado com 80 horas de carga horária. Os oito internos colombianos participaram de ambas as capacitações.

Entre os assuntos abordados durante as aulas teóricas estão normas de instalações prediais, leitura de medidas, ferramentas para pinturas, matemática básica e perfil do pintor. Os detentos também tiveram acesso a aulas práticas por meio de serviços realizados dentro da própria unidade, que foram supervisionados pela instrutora deles durante a qualificação, Sônia Rocha.

“A importância desse curso está no conhecimento e na oportunidade que ele pode me proporcionar lá fora. Qualificações como essas são primordiais em nossas vidas, porque é por meio delas que podemos garantir uma profissão e conhecer o valor do trabalho honesto. Estou muito feliz por estar encerrando mais essa etapa”, disse o interno Raul (nome fictício), que participou do curso de “Pintura Predial”.

Presente na certificação, o diretor do CDPM 2, Jean Carlo Oliveira, destacou o empenho e dedicação dos 34 detentos para aprender e mudar de vida. “Quero parabenizar todos os reeducandos que participaram dos cursos pela sua entrega e dedicação nas aulas. A capacitação foi concluída com sucesso, eles foram bastante elogiados pela professora e agora garantiram mais um certificado”, comemorou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.