Últimas

Seap inicia Semana do Presidiário com palestras e atividades aos reeducandos amazonenses

Nesta segunda-feira (23/08), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) deu início a uma serie de programações alusivas à Semana do Presidiário nas unidades prisionais do Amazonas. As atividades são coordenadas pelo Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc), em parceria com as empresas cogestoras, e tem como objetivo promover cidadania e humanização dentro do sistema carcerário.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As programações nas unidades irão ocorrer durante toda a semana, com encerramento na sexta-feira (27/08). Durante os dias, serão realizadas palestras educativas e atividades cívicas em todos os estabelecimentos prisionais da capital e do interior.

Na abertura da programação, hoje (23/08), 20 internos que cumprem suas penas no Centro de Detenção Provisória de Manaus 1 (CDPM 1) participaram de uma palestra sobre os seus direitos e deveres. No local, eles puderam esclarecer as suas dúvidas com relação às leis e o comportamento em sociedade. Já no Centro de Detenção Feminino (CDF), a Seap realizou um momento de beleza com as reeducandas, que contou com escova de cabelos e maquiagem. Ambas as unidades ficam no ramal do quilômetro 8, da rodovia BR-174 (Manaus – Boa Vista).

A chefe do Deresc, Keyla Prado, lembra que a programação é um dos caminhos que a Seap adota para mostrar ao interno a importância de se aproveitar as oportunidades que o sistema prisional oferta, atualmente, por meio dos programas de ressocialização. “Programações como essas fazem com que o detendo acredite na sua ressocialização, se sinta valorizado e compreenda o seu papel aqui dentro do sistema prisional e na sociedade”, disse.

Programação – No decorrer da semana, a programação se estende para as demais unidades prisionais com palestras sobre cidadania no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), filmes educativos no Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 (CDPM 2) e aulas de educação moral e cívica no Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT), no Centro Feminino de Educação e Capacitação (Cefec) e na Unidade Prisional de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus).

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.