Últimas

Sepror capacita caseiros rurais no município de Careiro Castanho

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), encerrou ontem (26/08), na Comunidade Mocarama, Ramal 14, Km 6, no município de Careiro Castanho (distante 88 quilômetros da capital), o último curso de Capacitação de Caseiro Rural do mês de agosto. Os dois primeiros cursos aconteceram nos municípios de Novo Airão e Careiro da Várzea, no início do mês.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A participação das mulheres no curso foi destacada pela aluna e líder comunitária Terezinha Aparecida. “Sempre gostei de participar de cursos, mas este de Capacitação de Caseiro Rural considero muito importante para nós mulheres, por nos qualificar na teoria e na prática, pegando no maquinário, operando as máquinas. É muito bom. A atenção dada às mulheres é importante, principalmente para aquelas que, como eu, trabalham sozinhas em suas propriedades, cuidando de suas famílias”, destacou Terezinha.

Em todas as localidades, os cursos foram ministrados pelo engenheiro e professor José Portugal e pela técnica Railcineide Sousa, da Sepror; e pelo professor Luiz Alberto Platini, do Idam. Foram 24 horas de aulas, sendo oito horas teóricas e 16 práticas. Na Comunidade Mocarama participaram 24 alunos.

Por sua vez, Franciomar Júlio, também líder local e participante do curso, considerou que os caseiros rurais passam a ter um papel importante com o conhecimento adquirido no curso.

“O curso faz o caseiro rural levar as suas comunidades o incentivo ao uso da tecnologia, de maquinário em substituição à enxada, mostrando que se pode produzir muito mais com menor esforço nas atividades do campo, ajudando qualquer proprietário rural que precisar de uma pessoa competente para operar um equipamento para o qual foi treinado durante o curso”, afirmou.

Origem – Os cursos de Capacitação de Caseiro Rural foram lançados em dezembro de 2019 e começaram no ano seguinte.

Os alunos recebem orientações sobre acompanhamento de plantio até a colheita e pós-colheita, controle de pragas e doenças, cuidados com o bem-estar dos animais nas propriedades rurais. Também aprendem a fazer pequenas manutenções elétricas e hidráulicas e passam a ter noções de segurança e conhecimento sobre questões envolvendo a saúde no trabalho, direitos e deveres e primeiros socorros.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.