Últimas

Servidores de educação comemoram o Plano de Valorização anunciado por David Almeida

Servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) comemoraram o anúncio feito, nesta quarta-feira, 11/8, pelo prefeito de Manaus, David Almeida, e o secretário municipal de Educação Pauderney Avelino, da atualização do Plano de Valorização dos Profissionais da Educação, que garante o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) em vigor.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O anúncio ocorreu no auditório da Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, zona Oeste, e também foi transmitido pelo Facebook da Semed e pelo Google Meet.

Há mais de quatro anos que o Executivo municipal não realiza uma ação desse porte. Serão mais de 4 mil servidores do magistério e da área administrativa, com os salários regularizados, até o fim deste ano, e cujos processos já estão em andamento. De início, o recurso utilizado será de aproximadamente R$ 40 milhões.

De acordo com o prefeito David Almeida, todos os servidores que estão com processo em andamento serão beneficiados. Ele também ressaltou que podem dar entrada no pedido os servidores que já estão aptos a receber o benefício.

“Esse é um processo que precisa tramitar, a previsão é que todos esses 4 mil servidores recebam até o fim do ano, e aqueles que já podem receber, também já podem dar entrada no processo. Semanalmente estaremos concedendo direitos a esses servidores, quando os processos estiverem aptos, faremos os pagamentos, inclusive pagaremos esse direito com valor retroativo”, informou David.

O valor do salário atualizado é um benefício de grande alegria para os servidores da Semed, principalmente para aqueles que já estão em processo de aposentadoria.

“O que o prefeito David está fazendo nessa administração é o reconhecimento do direito do profissional de educação, que muitas vezes retarda a aposentadoria, porque não tem um padrinho para fazer a evolução funcional. Nós estamos garantindo que esse direito seja reconhecido. A partir de agora, nenhum servidor vai precisar recorrer a ninguém para pedir favor, para que a sua evolução funcional aconteça”, destacou o secretário de Educação, Pauderney Avelino.

É o caso da professora de matemática Ana Maria da Silva Sevalho, que leciona na escola municipal Abílio Nery, no bairro da Paz, zona Oeste. Maria é servidora há mais de 30 anos e há cinco anos aguarda por essas promoções para poder se aposentar. “Essa é uma dívida que a prefeitura tem com os servidores, com a educação e agora vamos conseguir receber nossos direitos. Só tenho a agradecer ao prefeito David, ao secretário Pauderney e a toda a sua equipe”, disse.

A técnica administrativa Giselle Aguiar, está há cinco anos aguardando o benefício. “Muito bom ter o nosso trabalho reconhecido por esta gestão e poder receber aquilo que nos é de direito”, comentou.

As progressões acontecem por tempo de serviço ou titularidade, referentes a especializações, pós-graduação, mestrado e doutorado. São mais de 6 mil progressões em análise.

Atualmente, a rede municipal de ensino possui 14.140 servidores estatutários, que até o fim da gestão David Almeida estarão com as suas progressões funcionais atualizadas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.