Últimas

Wilson Lima anuncia contratação de 710 profissionais para o novo hospital do Hemoam e o hemonúcleo de Coari

O governador Wilson Lima anunciou, nesta terça-feira (10/08), a abertura de Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação de 710 profissionais para a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam). As vagas são para profissionais de nível superior, técnico, médio e fundamental. Os selecionados vão atuar no novo hospital do Hemoam, que está em construção em Manaus, e na unidade de hemoterapia do município de Coari (a 363 quilômetros da capital).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O anúncio foi feito durante visita do governador às obras de construção do novo hospital do Hemoam, no Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus. A obra já está 88% executada, segundo a Secretaria de Estado Infraestrutura e da Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

“Hoje nós estamos lançando um processo seletivo para a contratação de 710 profissionais, sendo 24 em Coari e o restante aqui em Manaus. O edital já está disponível a partir de hoje no site do Hemoam e lá estão todas as instruções, todas as orientações de como as pessoas podem fazer para participar desse processo de seleção para poder nos ajudar aqui no Hemoam”, explicou o governador.

Das 710 vagas, 686 são para Manaus. Para conferir o edital, o site do Hemoam é: www.hemoam.am.gov.br. O PSS será realizado de forma virtual, coordenado pela Comissão Permanente de Concursos (Copec) do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

O período de inscrição será de 23 a 27 de agosto de 2021. Pelo cronograma, o resultado final será divulgado em 12 de outubro. A seleção vai considerar principalmente títulos e experiência profissional.

Obra - A construção do novo Hospital do Hemoam tem investimentos de R$ 60.973.633,17, com recursos estaduais e federais. A obra foi paralisada em 2017 e retomada em janeiro de 2019.

Em cinco anos, dos governos anteriores, os serviços corresponderam a apenas 25% de execução. Na atual gestão, a obra avançou em 63%, durante o período de dois anos, alcançando o percentual de 88% de execução. O prédio principal contará com 15 mil metros quadrados.

“A obra estava muito atrasada, praticamente paralisada e, no início do governo Wilson Lima, o governador solicitou que nós déssemos prosseguimento a essa obra e aí nós começamos a encontrar um caminho financeiro e um caminho técnico para que nós chegássemos hoje nesse nível atual de execução”, disse o secretário de Estado da Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), Carlos Henrique.

“Essa daqui é uma das maiores obras de hemocentro que a gente tem no Brasil, é uma obra muito significativa. É o maior hemocentro da região Norte do Brasil. Nós estamos com mais de 80% dessa obra concluída, nós estamos com previsão de entrega ainda esse ano. Vai começar inicialmente com 100 leitos e hoje eu vim aqui fazer uma visita para saber como está o andamento dessa obra que é tão importante para a nossa saúde e principalmente para aquelas pessoas que necessitam do atendimento nessa modalidade”, disse Wilson Lima.

Ampliação do atendimento - O Hospital do Hemoam vai ampliar, inicialmente, em cerca de 300% a capacidade de atendimento ofertada hoje pela fundação. A infraestrutura tem capacidade total para 191 leitos, os quais serão habilitados de forma progressiva.

“No Hemoam nós temos 26 leitos, aqui nós vamos pular pra 157 leitos hospitalares, UTI adulto, UTI infantil, serviços ambulatórios. Dois andares somente de consultórios. Isso vai dar um upgrade, um avanço imenso tanto na hemoterapia como na hemato-oncologia, na hemopediatria. Então sem dúvida alguma para o Norte do país isso é um avanço tremendo”, disse o secretário de Estado da Saúde (SES-AM), Anoar Samad.

Novidade - Além de atender as leucemias, anemias falciformes e demais doenças do sangue, o novo Hospital vai atender, futuramente, todos os pacientes oncológicos infanto-juvenis.O Hospital também está projetado para oferecer transplante de medula óssea, o qual é realizado fora do estado atualmente.

“Nesse primeiro momento nós vamos ampliar nosso atendimento com melhorias para o nosso paciente que hoje é tratado no Hemoam, os pacientes com as doenças do sangue. No segundo momento, nós iremos trazer as crianças e adolescentes com doenças oncológicas, doenças sólidas que são tratadas no Cecon e nós iremos trazer para cá. E no terceiro momento, a médio prazo, nós também iremos realizar o transplante de medula óssea, que hoje não temos em Manaus”, destacou a diretora-presidente da Fundação Hemoam, Socorro Sampaio.

Hemonúcleo - O Hemoam está em andamento com um projeto de expansão dos seus serviços para o interior do Amazonas, com a implantação de hemonúcleos.

Coari será a primeira cidade a receber a unidade com estrutura para fazer exames laboratoriais de baixa e média complexidade, diagnóstico rápido, coleta, processamento e distribuição de sangue.

Além da cidade coariense, os municípios de Tabatinga, Itacoatiara, Manacapuru, Humaitá, Parintins, São Gabriel da Cachoeira e Tefé estão no mapa das cidades que receberão hemonúcleos com essa infraestrutura.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.