Últimas

Adaf promove treinamento para identificação de pragas em cultivo de citros

O Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) iniciou, ontem (15/09), o treinamento prático e teórico sobre a identificação e manejo das principais pragas e doenças em cultivo de citros. A atividade tem como objetivo ampliar o conhecimento dos profissionais que atuam na defesa vegetal, com ênfase à portaria de nº 317, de 21 de maio de 2021, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A portaria instituiu o Programa Nacional de Prevenção e Controle à HLB. Também conhecida como greening ou amarelão dos citros, é a doença de citros mais importante no mundo, já presente em estados como São Paulo (SP), Minas Gerais (MG) e Paraná (PR), mas ausente no Amazonas.

A parte teórica do treinamento ocorreu na quarta-feira, no auditório do Sistema Sepror, com palestras que abordaram, além da HLB, outras pragas quarentenárias que afetam plantações de citros entre elas: cancro cítrico, ácaro hindustânico e pinta preta.

As palestras foram ministradas pelo engenheiro agrônomo da Adaf, Claudio Gurgel, e pelo pesquisador Marcos Garcia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O gerente em exercício da Gerência de Defesa Vegetal da Adaf (GDV/Adaf), Sivandro Campos, avalia que a atualização técnica dos profissionais que cuidam da defesa vegetal se faz necessária, tanto em face da relevante produção de citros no Amazonas, como da necessidade de prevenção contra pragas.

“Temos uma produção de citros significativa, principalmente em municípios como Rio Preto da Eva, Iranduba e Manacapuru. Como há pragas quarentenárias ausentes no Amazonas, mas presentes em outros estados, vemos a necessidade de buscar conhecimento por meio de treinamentos para os nossos servidores”, explica o gerente.

O fiscal agropecuário engenheiro agrônomo Lucas Teixeira, que atua na unidade da Adaf em Apuí, é um dos participantes do treinamento. “É de suma importância a realização de um evento como esse, ainda mais com a publicação da portaria nº 317, que vem para normatizar de vez áreas com ocorrência e sem ocorrência de HLB. Isso é vital para mantermos o status fitossanitário de sem ocorrência no estado. Parabéns à Adaf por fazer esse esforço de trazer os profissionais, tanto do interior como de Manaus para essa capacitação.

Treinamento prático – A programação continua nesta quinta-feira (16/09), quanto a Adaf promove treinamento prático no Sítio São Sebastião - Protecitrus, localizado no quilômetro 25 da rodovia AM-010, zona rural de Manaus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.