Últimas

Amazonas começa a exportar gás natural e aguarda R$ 720 milhões em investimento no setor público

Solenidade realizada em Silves, nesta segunda-feira (27), marcou o 1º dia das operações da Usina de Tratamento de Gás (UTG) da Companhia ENEVA e comercialização do gás produzido no campo do Azulão. A estimativa inicial de arrecadação é de R$ 720 milhões em royalties, além da geração de empregos no Estado.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Esta operação tornou-se viável após a abertura do mercado de gás no Amazonas, resultado de um esforço conjunto do Governo do Estado, Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) - que aprovou a legislação - e Tribunal de Contas do Amazonas (TCE) que realizou, em abril de 2020, uma consulta pública histórica para que cidadãos, lideranças, movimentos sociais organizados e entidades representativas dos segmentos econômicos se manifestassem sobre a abertura do mercado de gás natural.

O gás produzido no Campo do Azulão será fonte de geração de energia elétrica para metade do Estado de Roraima. Serão 20 carretas contendo gás natural liquefeito saindo diariamente de Silves rumo a usina termelétrica Jaguatirica 2, em Boa Vista, capital daquele Estado. Um total de 120 carretas estão envolvidas em toda a operação logística.

A solenidade desta segunda-feira contou com a presença do Governador Wilson Lima, do conselheiro Josué Cláudio representando o TCE, dos deputados Abdala Fraxe e Cabo Maciel, além dos prefeitos de Silves, Itapiranga e Itacoatiara, Paulino Grana, Denise Lima e Mário Abrahim, respectivamente. E ainda do superintendente da Zona Franca de Manaus, Algacir Polsin.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.