Últimas

Amazonastur realiza segunda sondagem da pesquisa de análise de mercado do turismo no AM

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) inicia, nesta quarta-feira (29/09), a segunda sondagem da Pesquisa Análise de Mercado do Turismo no Amazonas. O objetivo é o acompanhamento junto aos prestadores turísticos locais, a fim de monitorar os obstáculos, perspectivas, vendas, faturamento, contratações e tendências em relação ao destino Amazonas, identificando as mudanças do cenário empresarial ocorridas no ambiente de negócios.

Foto: Divulgação /BLITZ AMAZÔNICO

A pesquisa pode ser respondida por meio do site da Amazonastur (http://www.amazonastur.am.gov.br/) no banner “Análise de Mercado do Turismo”.

O questionário tem 15 perguntas, com um tempo médio de resposta de aproximadamente sete minutos. Ao longo da pesquisa, o empresário de turismo pode responder sobre mercado de atuação, porte da empresa, faturamento, contratações, endividamento, sugestão de investimento em infraestrutura, entre outros questionamentos.

Base para ações – O corte temporal que será sondado é o segundo quadrimestre de 2021. Com esses dados em mãos, a Amazonastur poderá posteriormente fazer comparação das informações coletadas com o mesmo período de outros anos.

As respostas são sigilosas e servirão como base para as ações de investimento da instituição e de direcionamento estratégico para os players do mercado. O questionário deve ser respondido até o dia 10 de outubro de 2021. Essa é a segunda sondagem da pesquisa; a primeira foi realizada no mês de maio.

O presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho, destaca que os dados são essenciais para o desenvolvimento de políticas públicas para a região. “Ouvir o trade é um dos nossos papéis. Com as informações captadas, nós saberemos onde é necessário investir de forma mais eficaz. É importante que todos participem para que juntos possamos construir um turismo melhor e captarmos mais visitantes para o nosso Amazonas”, disse Litaiff.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.