Últimas

Boa Vista do Ramos recebe oficinas sobre coleta seletiva e combate a queimadas

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), realizou, nesta semana (30/08 a 02/09), uma série de oficinas de educação ambiental no município de Boa Vista do Ramos (distante 271 quilômetros de Manaus).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As formações, realizadas para atender à demanda da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente (Semdema), abordaram os temas coleta seletiva, e combate ao desmatamento e queimadas.

Agenda de resíduos sólidos - Por meio das oficinas, a Sema qualificou 15 sensibilizadores ambientais e 15 catadores de resíduos. O prefeito da cidade, Eraldo Trindade, esteve na cerimônia de entrega de certificados.

“Aqui estão pessoas que estão na luta diariamente. Fico grato de saber que o fruto do nosso trabalho para manter a cidade limpa prevalece. A gente tem uma equipe de trabalho muito competente”, disse.

Com pouco mais de 20 mil habitantes (2021), de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município já conseguiu enviar para reaproveitamento quase 450 toneladas de materiais recicláveis.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Adriano Rodrigues, explica o intuito da realização dos cursos, solicitados pela Semdema e executados pela Sema.

“O principal objetivo dessa parceria com a Sema, sobre a questão da coleta seletiva, é justamente a implantação da agenda de resíduos sólidos, que já iniciamos no município. A ideia é diminuir o lixo que está indo para o nosso lixão”, explicou o gestor.

Por meio de parceria público-privada, Boa Vista do Ramos já iniciou as ações de coleta seletiva. Como não há um ponto de reciclagem na cidade, todo material arrecadado é enviado para Manaus.

A sensibilização quanto à importância da separação dos resíduos já é realizada com comerciantes, que são os principais geradores de lixo no município, e se estenderá, a partir da formação da Sema, à população em geral, por meio dos sensibilizadores formados

A próxima etapa é conscientização “porta a porta”. O cronograma de atuação tem atividades previstas para os próximos dois anos, com a meta principal de planejar e estruturar um aterro sanitário em Boa Vista do Ramos.

“A Sema tem respondido à altura e o Governo do Amazonas tem possibilitado essa parceria que vem facilitar o trabalho de quem atua no município”, pontuou o secretário municipal.

"O curso veio para ajudar, nós que somos coletores de lixo, porque muitas vezes as pessoas não entendem nosso trabalho. Com a população conscientizada e resolvendo essa situação, resolvemos a nossa”, afirmou o coletor Genison Alves.

Romero Valente, vereador do município, ressaltou que a implantação da coleta seletiva no município irá melhorar a qualidade de vida da população. "Realizar a coleta de forma correta e selecionar os materiais de reaproveitamento não tem preço, pois irá trazer bem-estar para a população. Com o apoio da comunidade vamos conseguir grandes resultados positivos”, destacou.

Floresta Faz a Diferença - A equipe técnica da Sema também levou ao município a campanha 2021 contra o desmatamento e as queimadas ilegais no Amazonas, intitulada “Floresta faz a Diferença”. A formação teve a participação de brigadistas, técnicos da Semdema e professores.

“Quando falamos sobre queimadas, precisamos lembrar que a maior parte dos focos de calor em Boa Vista do Ramos são de agricultura familiar. Neste contexto, não é um crime, mas todo crime provém de uma irregularidade. Por isso, discutimos meios para que a população faça um roçado menos agressivo ao meio ambiente”, explicou Adriano Rodrigues, assessor técnico de educação ambiental da Sema.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.