Últimas

Comunidade dos Buritis no Novo Aleixo vai ganhar infraestrutura pela primeira vez

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), vai dar início às obras de implantação de rede de drenagem na comunidade dos Buritis, bairro Novo Aleixo, na zona Norte da cidade.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O trabalho vai beneficiar mais de 400 famílias que moram nas proximidades de um igarapé e sofrem, constantemente, com alagações.

O problema de alagações, principalmente em dias de chuva, ocorre há mais de 25 anos. De acordo com o diretor do departamento de Manutenção de Infraestrutura da Seminf, Alessandro Rodrigues, o projeto de drenagem vai acabar com as alagações na área.

“Na comunidade dos Buritis, há um problema sério de alagações, porque a água não tem para onde escoar. Todas as vezes que chove, alaga, por esse motivo nós estamos elaborando um projeto de drenagem, que vai resolver de vez esse problema, e também um serviço de infraestrutura para poder melhorar a vida das pessoas que moram aqui”, afirmou Rodrigues.

A única via de acesso à comunidade é uma ponte de madeira, que está completamente deteriorada, levando perigo a quem passa, especialmente crianças e idosos. No projeto da prefeitura, a ponte de madeira vai ser retirada e serão colocadas aduelas de concreto para dar vazão à água represada do igarapé, e garantir a segurança das pessoas que necessitam do acesso.

Toda a comunidade está com as vias em solo natural, tomadas por mato e muito lixo. O engenheiro Alessandro Rodrigues afirma que um projeto de infraestrutura vai mudar esse cenário. “Vamos melhorar a infraestrutura aqui, não vamos asfaltar, porque o asfalto iria impermeabilizar toda a via e aumentar o volume de água na drenagem, e nós não teremos muito espaço nessa rede de drenagem. Vamos fortalecer o subsolo, para, quando a galeria ficar sobrecarregada das águas das chuvas, a água infiltrar e evitar novas alagações”, afirmou o engenheiro.

A dona de casa Lene Soares, 45, diz que sofre muito em dias de chuvas com alagações e animais peçonhentos que invadem as casas em toda a comunidade dos Buritis.

“A última chuva foi a pior para mim, porque minha casa alagou, foi para o fundo mesmo, eu perdi tudo o que tinha comprado com tanto esforço, principalmente móveis, e agora estou recomeçando. Dias de chuvas são muito tristes para todos nós. Além de alagar as casas com essa água contaminada por conta do lixo, aparecem bichos dentro das nossas casas, cobras e até jacarés. Isso ocorre quando o igarapé fica represado e a água contaminada transborda. Eu e todos nós que vivemos aqui na comunidade dos Buritis estamos ansiosos por essa obra, que, com certeza, vai mudar as nossas vidas”, afirmou a moradora.

A equipe de engenharia da Seminf já foi ao local e agora verifica os materiais que serão necessários, além dos equipamentos, para que a obra possa ser iniciada o mais rápido possível ainda neste mês de setembro.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.