Últimas

Enquanto a infiel vai no camburão, proprietário do Vitória vai no banco da viatura para o IML; veja vídeos

Manaus (AM) – Na manhã desta quarta-feira (22) o empresário Joabson Gomes e sua esposa Jordana Freire, deixaram a sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para realizarem corpo delito, no Instituto Médico Legal. Na ocasião, a mulher foi no camburão da viatura da Polícia Civil, enquanto o homem foi sentado no banco traseiro do carro.


O casal cumpre prisão temporária por supostamente serem mandantes do assassinato do Sargento Lucas, ocorrido em 1º de setembro. A motivação da morte de Lucas seria porque ele estava em um relacionamento extraconjugal com Jordana Azevedo Freire.

Jordana é casada com o empresário Joabson Agostinho Gomes, que é dono da rede de supermercados Vitória. Lucas também era casado, com uma médica, que inclusive é filha do proprietário do Hospital Santa Júlia.

Lucas supostamente prestava serviços gráficos à Joabson, mas em um certo momento, Jordana foi quem passou a tratar os negócios com o sargento, ainda em dezembro de 2020. Acontece que esses encontros de negócios logo evoluíram para um relacionamento extraconjugal.

A DEHS ainda informou que quando Joabson descobriu a traição de Jordana, passou a agredí-la e a ameaçar Lucas. O empresário também descobriu um desvio de R$ 200 mil do Vitória Supermercados, feito por Jordana, repassado a Lucas.

Joabson então seria o maior suspeito de ser o mandante do assassinato do sargento Lucas. O casal estava sendo considerado foragido mas ainda na tarde de terça-feira (21), se entregaram à polícia e desde então estavam na sede da DEHS.

No entanto, os advogados de defesa afirmam que Joabson e Jordana são inocentes.


VEJA VÍDEOS: 




FONTE: PORTAL CM7 

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.