Últimas

Escolas da Prefeitura de Manaus recebem doação de 7,5 mil copos biodegradáveis

Uma das parceiras do projeto “Manaus, te quero verde”, lançado no mês de junho pela Prefeitura de Manaus, a empresa Gaia Eco doou, nesta sexta-feira, 17/9, sete mil e quinhentos copos biodegradáveis, para as escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A ação vai beneficiar quatro unidades de ensino, localizadas na Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural, cada uma deve receber 1,5 mil copos, a partir da próxima semana.

Na primeira quinzena de julho, representantes da Gaia Eco realizaram um primeiro encontro com a Semed, para apresentar os produtos e a identidade visual do projeto nos copos.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, os copos ajudarão os alunos da rede municipal de ensino sobre a temática do meio ambiente. “Esse lindo copo que nós vamos distribuir na nossa rede, vem para fazer não apenas a transição, mas mostrar que nós precisamos mudar as nossas práticas e conceitos a respeito da sustentabilidade. As nossas crianças, que já estão plantando árvores por meio do ‘Manaus, te quero verde’, também terão essa consciência, que é uma questão de sustentabilidade, de sobrevivência da espécie humana no planeta”, alertou.

A coordenadora das Ocas do Conhecimento Ambiental da Semed, Érica Amorim, destacou a importância da parceria com a empresa e disse que vai servir como forma de conhecimento sobre o projeto desenvolvido pela secretaria.

“A empresa é mais uma parceira do projeto ‘Manaus, te quero verde’, por meio do Instituto Soka Amazônia, que é o grande aglutinador de parceiros. Quanto mais parceiros, melhor, porque a nossa meta é bem grande, ou seja, dez mudas para cada aluno da rede municipal de ensino. O projeto, além de plantar mudas, também trabalha a sensibilização ambiental, o consumo consciente de menos plástico, para degradar menos o meio ambiente”, concluiu.

A responsável pelas vendas regionais da empresa Gaia Eco, Flávia Ribeiro, se reuniu com o presidente do Instituto Soka Amazônia e com o secretário da Semed para firmar a parceria.

“O nosso interesse principal foi porque o projeto tem tudo a ver com a missão da nossa empresa. Como nas escolas é o primeiro passo para incentivar as crianças ao menor consumo de plástico e mais de copos de papel, para não ter essa agressão ao meio ambiente. Nós também da empresa temos parceria com o Instituto Soka com plantio de árvores do projeto. O copo de papel fica, no máximo, 180 dias para depois degradar”, disse.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.