Últimas

Jurado de morte, homem que matou técnica de enfermagem em Manaus se entrega à polícia

Manaus – Nesta segunda-feira (20), um homem identificado como Gilciney Dias da Silva, de 55 anos, apresentou-se à polícia após receber ameaças de morte pelo crime que cometeu. Ele é acusado de assassinar a técnica de enfermagem Luciane Gonçalves de Souza, no último dia 16 de setembro.



Conforme informações do delegado Rodrigo Barreto, o criminoso confessou em depoimento ter matado a mulher estrangulada.

“Ele [Gilciney] contou que a vítima iria largá-lo e já estava com outro homem, no entanto, o mesmo não aceitou o término do relacionamento. Ele a esganou e matou a companheira enforcada. Ela [Luciane] tinha marcas na cabeça e pelo corpo. Ele alega que após a discussão a mulher desferiu um tapa nele e ele a atacou em cima da cama”, disse o delegado.

Ainda de acordo com a autoridade policial, Gilciney esperou o tempo de flagrante expirar, sem imaginar que um mandado de prisão já havia sido expedido em nome dele, e imediatamente autorizado pela Justiça. No momento da apresentação na delegacia, o mandado foi cumprido.

O criminoso estava escondido em uma comunidade próxima ao município de Manacapuru, mas decidiu se entregar por medo de ser executado por pessoas revoltadas com o crime.

Gilciney foi conduzido para o Instituto Médico Legal (IML) para a realização do exame de corpo e delito. Ele responderá por feminicídio e deve ficar à disposição da Justiça.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.