Últimas

Justiça manda retirar mais de 70 flutuantes sem licenciamento em Manaus

 O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) determinou que 74 flutuantes sem licenciamento sejam retirados das margens do Rio Negro e Tarumã-Açu em um prazo de 30 dias.

Já ouve um sentença em 2009 sobre o caso e agora o juiz Diógenes Vidal Pessoa Neto determinou o cumprimento da mesma, que já não cabe mais recurso. O objetivo da decisão é que os locais sejam regularizados e caso os proprietários não o façam dentro do prazo os flutuantes serão removidos.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.