Últimas

Seap e Cetam ofertam três novos cursos para privados de liberdade das unidades prisionais de Manaus

Disponibilizando mais oportunidades de qualificação profissional aos internos, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e as empresas cogestoras, realizou, nesta semana, a abertura de mais três novos cursos de capacitação voltados ao público carcerário das unidades prisionais de Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Das três capacitações ofertadas, duas serão ministradas em unidades prisionais localizadas no ramal do Km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista). Trata-se dos cursos de Instalação Hidráulica, com carga horária total de 120 horas, que conta com 15 reeducandos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), e da capacitação em Corte e Escova, com 150 horas de carga horária total, disponibilizada para 23 reeducandas que cumprem suas penas em regime fechado no Centro de Detenção Feminina (CDF).

A terceira capacitação está sendo ofertada para os reeducandos da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), que fica localizada no ramal Bela Vista, zona leste de Manaus. Ao todo, 15 detentos do local estão participando do curso de Instalações Elétricas de Baixa Tensão, que tem carga horária de 160 horas.

Os novos cursos estão sendo realizados por meio de aulas práticas e teóricas nas próprias unidades prisionais. As profissionalizações contam com avaliações técnicas e o acompanhamento direto dos instrutores disponibilizados pelo Cetam.

A chefe do Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc) da Seap, Keyla Prado, afirma que a variedade de cursos no sistema prisional proporciona maiores probabilidades de ressocialização dos detentos.

“Oferecer cursos e oportunidades para a reintegração dos reeducandos à sociedade é o principal objetivo da atual gestão da Seap. A diversidade de cursos faz com que eles tenham mais chances de sair do sistema e conseguir uma vaga no mercado de trabalho. Quero agradecer ao Cetam pela parceria e a todos os professores que irão doar o seu tempo colaborando para a mudança social dos internos amazonenses”, disse.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.