Últimas

Sejusc forma profissionais que atuam nos Centros Socioeducativos do Amazonas

A Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio da Secretaria Executiva de Direitos da Criança e Adolescente (Sedca), realizou na tarde desta quarta-feira (22/09), no Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), no bairro Dom Pedro, a cerimônia de formatura de 120 socioeducadores, técnicos e profissionais que atuam no sistema socioeducativo no Amazonas.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Com duração de três anos, o curso de formação tem por objetivo alcançar todos os servidores e parceiros que atuam na execução das Medidas Socioeducativas, conforme as orientações do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

De acordo com a secretária da Sejusc, Mirtes Salles, a formação dos socioeducadores vai fortalecer ainda mais o desenvolvimento dos adolescentes.

“Nossa gestão trabalha de forma humanizada e isso traz resultados positivos. Vamos continuar com ações que possam melhorar a qualidade de vida dos adolescentes, bem como de toda equipe que trabalha em conjunto”, disse Mirtes.

Durante a cerimônia de entrega de certificados, o secretário executivo de Direitos da Criança e Adolescente da Sejusc, Emerson Lima, comentou sobre os módulos componentes do curso.

"Hoje nós estamos encerrando o curso de formação continuada que foi ministrado para todos os socioeducadores que atuam direto com os adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. A primeira parte do curso foi a capacitação deles, e a segunda acontece na troca de experiências nos Centros Socioeducativos", informou Emerson.

Capacitação - O chefe de Departamento de Atendimento Socioeducativo (Dase), Jean Mendonça, participou do curso durante três anos e declarou que todo o aprendizado serviu para melhor atender os adolescentes que cumprem as medidas.

"Esse curso é muito importante pois me capacitou para eu estar onde estou, gerenciando todas as unidades do sistema socioeducativo. Hoje, estou finalizando esse curso com bastante êxito", disse Jean.

Módulos - A formação contou com carga horária de 120 horas e os seguintes módulos: Sociedade, Adolescente, Família: Conceitos e Fundamentação Teórica; Princípios e Fundamentos Legais das Políticas Públicas para o adolescente; A Centralidade da Ação Pedagógica nas Instituições Socioeducativas; Dinâmica da Integração Operacionais do Sistema Socioeducativo; Socioeducação e Segurança e Acompanhamento do Egresso.

O curso é um convênio do Governo do Estado com o Governo Federal para que o Amazonas possa atender aos princípios do Sinase. A lei determina que esses profissionais passem por essa capacitação para saber lidar com os adolescentes que estão cumprindo as medidas socioeducativas.

Saiba mais – A Sejusc coordena cinco centros socioeducativos no Amazonas: Senador Raimundo Parente, Dagmar Feitosa, Semiliberdade Masculino, Centro de Internação Feminina e Unidade de Internação Provisória Masculino. Todas as unidades ficam em Manaus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.