Últimas

Sema e Ministério do Meio Ambiente discutem melhorias para qualidade ambiental urbana

Representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) estiveram reunidos, na tarde de quarta-feira (29/09), com o secretário da Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA), André Luiz França.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O encontro ocorreu após a inauguração, pela Prefeitura de Manaus, da primeira Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos da região Norte do país. A base funcionará na sede da Associação de Catadores de Recicláveis do Amazonas (Ascarman), localizada na zona norte da capital.

O secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, representou o governador do Amazonas, Wilson Lima, no evento de inauguração. Ele destacou os esforços feitos nos três níveis de poder – municipal, estadual e federal – para promover a qualidade de vida no meio ambiente urbano.

“Ver essa estrutura e todo esse compromisso é de notável registro. Não tenho como deixar de mencionar o importante trabalho que o MMA tem feito para estimular uma agenda do meio ambiente urbana compatível com os desafios que as cidades tem. Somente assim, com diálogo e união, poderemos superar desafios tão complexos aqui na nossa região”, disse.

Com a Central de Logística Reversa será possível viabilizar a destinação final ambientalmente correta de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos descartados na cidade, conforme destaca o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Manaus, Antônio Stroski.

“Estamos fazendo o cumprimento do que está em lei, do que está na política nacional do resíduo, na política estadual e também nas ações da Semmas com relação à gestão do descarte dos resíduos sólidos, a nossa contribuição”, afirmou Stroski.

André Luiz França destacou o marco histórico do empreendimento. “Começamos a escrever um novo capítulo onde não teremos mais geladeiras, televisores e outros eletrodomésticos nos igarapés da cidade”, destacou o secretário do MMA.

Durante a reunião na sede da Sema, França se comprometeu a apoiar o Estado a encontrar soluções para lixões, problemas de saneamento e destinação de resíduos também em municípios do interior do estado.

“Vemos aqui a integração do poder federal, estadual e municipal, com o setor produtivo e a sociedade civil. Todos os segmentos da sociedade unidos, para que a transformação possa acontecer. Quem ganha com isso é o meio ambiente e o cidadão”, completou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.