Últimas

Servidores da Seas participam de qualificação sobre Benefício de Prestação Continuada no estado

Técnicos do Governo do Amazonas que atuam na Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) participaram, nesta quarta-feira (08/09), de qualificação virtual de atualização sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A atividade foi uma realização do Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS), em conjunto com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O evento foi destinado para técnicos e gestores dos municípios que atuam com o BPC.

Foco nos cidadãos - O objetivo foi qualificar o atendimento para acesso aos programas e benefícios ofertados à população. A Seas foi representada pelo Departamento de Proteção Social Básica (DPSB), via Gerência de Programas e Benefícios Socioassistenciais (GPBS), e reforçou o trabalho feito permanentemente no processo de qualificação dos servidores públicos, que atuam nos municípios no Sistema Único de Assistência Social (Suas).

A reunião aconteceu de forma remota e estiveram presentes, 91 representantes de 25 municípios do estado, entre eles: Lábrea, Presidente Figueiredo, Silves, Santo Antônio do Içá, Caapiranga, Tefé, Caapiranga, Nhamundá, Novo Airão, Manaus, Coari, Fonte Boa, Apuí, Eirunepé, Urucurituba, Envira, Sebastião do Uatumã, Anori, Anamã, Humaitá, Barcelos, Alvarães, Codajás, Parintins e Rio Preto da Eva.

Sobre o benefício - O BPC garante um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência que comprove não possuir renda, nem de tê-la provida por sua família. Também são beneficiados os idosos acima de 65 anos na mesma situação. Entre as mudanças previstas pela nova lei, está a ampliação do acesso ao benefício utilizando, por exemplo, o critério de renda.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.