Últimas

Servidores do Centro de Reabilitação Colônia Antônio Aleixo são qualificados em novo conceito de atendimento

Os servidores do Centro de Reabilitação Colônia Antônio Aleixo (CRCAA) receberam, nesta quinta-feira (16/09), um treinamento para aplicação de um novo modelo de atendimento dos usuários da unidade. Com o tema Somos Todos Iguais, profissionais da unidade foram qualificados para trabalhar a terapia para melhor adaptar o paciente ao cotidiano.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Esse evento surgiu de uma ânsia da equipe de neuropediatria do Centro de Reabilitação, após verificar que a criança precisa de algo além do diagnóstico da doença, que ela precisa de diversão, de atendimento, da família, de saúde. E com isso, nós encontramos os F-words (palavras favoritas) que são seis palavras de metodologia da Organização Nossa Casa, que busca trazer essa universalidade, essa humanização para trabalhar com os profissionais; e ser aplicado com a família, com a criança, com a sociedade”, explicou a fisioterapeuta do CRCAA, Cristiana Gomes.

O treinamento foi elaborado pelo Núcleo de Educação Permanente em Saúde e Humanização do SUS (NEPSH) da Policlínica Antônio Aleixo (PAA) e do Centro de Reabilitação e Oficina Ortopédica Fixa (OOF) para implantar, com base na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), um modelo de atendimento com inserção das “Minhas Palavras Favoritas” e o Sistema de Classificação da Função Motora Grossa.

Durante a capacitação, a fisioterapeuta reforçou com os servidores a importância de escutar mais as famílias para entender a necessidade do paciente e como ele desenvolve sua independência, como forma de empoderar a família nas decisões em relação ao paciente.

Metodologia - Palavras favoritas representam seis áreas chaves do desenvolvimento infantil, que devem ser sempre lembradas e respeitadas por profissionais que trabalham com crianças e adultos com Paralisia Cerebral ou qualquer outra.

Após a apresentação, os servidores participaram de uma dinâmica em grupo para ilustrar a metodologia das ‘Minhas Palavras Favoritas’ na prática.

Para o diretor da Policlínica Antônio Aleixo e do Centro de Reabilitação, César Carvalho, o objetivo maior é potencializar e devolver ao máximo a funcionalidade do paciente, envolvendo principalmente a família e todos os que estão ao redor.

“Não olhar apenas para o diagnóstico, para o problema, para a limitação, mas olhar para o potencial que essa criança pode desenvolver, o potencial de funcionalidade para trazer essa criança à sociedade de uma forma mais integralizada”, declarou.

Após a implantação da metodologia, o projeto servirá de modelo para os demais Centros de Reabilitação do Estado.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.