Últimas

Ageman vistoria funcionamento do Aterro Sanitário de Manaus

Engenheiros da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) estiveram na manhã desta segunda-feira, 18/10, no Aterro Sanitário da cidade, localizado no Km 19 da rodovia AM-010.


A visita é parte do início dos trabalhos que a agência municipal irá realizar junto à Comissão de Estudos Técnicos para implementação do novo aterro e da Usina Biológica de Gás, visto que a atual concessão do serviço está prevista para encerrar em 2025.

Durante a vistoria, os engenheiros da Ageman tiveram a oportunidade de conhecer a operacionalidade do aterro, a Usina Biológica de Gás e também a primeira Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos da região Norte do país.

“Como vamos passar a regular e fiscalizar também a questão dos resíduos sólidos na cidade de Manaus, conforme determinação do prefeito de Manaus, David Almeida, a partir dessa nova concessão, se faz extremamente necessária a nossa vinda aqui, para que os técnicos que vão atuar diretamente na comissão possam obter informações a respeito dos processos de funcionamento do aterro e também esclarecer eventuais dúvidas”, afirmou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, que também acompanhou a visita dos engenheiros.

O Aterro de Resíduos Sólidos de Manaus está em operação desde 1985 e a área estimada é de 73 hectares. O espaço é o único complexo de destino final dos resíduos sólidos urbanos da cidade de Manaus.

Diariamente, o aterro recebe em média 2,8 toneladas de resíduos sólidos.

A empresa Tumpex é a concessionária responsável pela gestão do aterro, a qual subcontrata a empresa Marquise, para os diversos processos de recebimento, tratamento e destinação final dos resíduos.

Além da Ageman, fazem parte também da Comissão de Estudos Técnicos para a implementação do novo aterro, representantes da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), do Conselho Municipal de Gestão Estratégica (CMGE) e também da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Com o início da regulação dos resíduos sólidos, a cidade de Manaus será a primeira capital da região Norte do país a promover a regulação e a fiscalização dos processos envolvendo os resíduos sólidos, por meio de uma agência reguladora.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.