Últimas

Arthur Virgílio encerra segundo giro pelas prévias conversando com tucanos de Cuiabá, depois de passar por Curitiba e Campo Grande


O candidato às prévias do PSDB, Arthur Virgílio Neto, encerra o seu segundo giro pelo Brasil em campanha pelas prévias conversando com lideranças e filiados de Cuiabá, no Mato Grosso, nesta sexta-feira (22.10).



Hoje (quinta-feira, 21) foi a vez de Virgílio fazer sua inserção nos ninhos tucanos de Curitiba, no Paraná, e em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Antes, na noite de quarta-feira (20), ele foi recebido em Florianópolis, Santa Catarina. Segundo Arthur Virgílio, no próximo giro ele vai percorrer os estados do Nordeste.

Arthur disse que em todas as visitas que fez obteve uma grande receptividade, principalmente por conta da defesa da Amazônia e do desenvolvimento autossustentável de suas riquezas para tornar o Brasil um gigante na economia mundial. “Quando comecei a campanha, disse que queria tocar o coração e a cabeça de cada um dos filiados. 

E estou vendo isso em todos os nossos encontros. É uma receptividade enorme. Assim como houve a campanha do 'petróleo é nosso', nos anos 70, quando eu digo que 'a Amazônia é nossa', as pessoas entram em êxtase. E eu fico feliz porque sinto que essa campanha vai pegar”, assegurou.

Nesta quinta-feira, Arthur Virgílio tomou café da manhã com lideranças e militantes do PSDB-PR e foi recebido pelo ex-governador do Paraná, Beto Richa. “Eu fico feliz de receber o Arthur, pessoa por quem tenho extrema admiração, que é uma admiração que vem de família. 

Ele e meu pai (ex-governador do Paraná e ex-senador José Richa) participaram de grandes lutas democráticas e digo, sem favor algum, que o Brasil deve muito a Arthur Virgílio, Ele foi entre os senadores, de toda a República, dos mais atuantes, combativos e o mais preparado”, afirmou Richa. 

Ele destacou também a experiência de Arthur na Prefeitura de Manaus. “Ele exerce um papel de liderança forte, independentemente de corrente ideológica ou cor partidária”, destacou o ex-governador e ex-prefeito de Curitiba.

Mais uma vez, Arthur ficou bastante tocado pela receptividade das pessoas às suas mensagens que estão sendo levadas a todo o Brasil em campanha pelas prévias do PSDB. “Aqui encontro pessoas muito queridas, como é o caso do Beto, que é um carinho que vem de gerações. 

Tenho a honra de ser amigo dessa família. E ele me disse como o partido está crescendo no Paraná, como está evoluindo. Sinal de que as prévias estão dando vigor ao partido que vai recuperar o seu lugar junto ao povo, legitimamente, nas urnas”, afirmou Arthur.

Florianópolis

Em Florianópolis, Arthur foi recebido pela presidente do PSDB-SC, deputada federal Geovania de Sá, pelos prefeitos Saulo Speroto (Caçador), Gilmar Sani (Alfredo Wagner), Everaldo dos Santos (Gravatal), Almildes da Rosa (Santa Rosa do Sul), vice-prefeito Oscar Santos (Tangará), ex-prefeita Célia Fernandes (Gravatal), e o ex-senador Dalírio Beber, além de filiados do partido.

A exposição de Arthur Virgílio aos militantes, envolvendo o resgate do PSDB, a defesa da Amazônia e outros pontos de sua agenda de campanha, foi bem recebida e elogiada pelos tucanos catarinenses.

“Esse grande homem público, estadista, hoje nos proporcionou uma aula. Nos deu grandes desafios e eu tenho certeza que é referência no PSDB, pela sua história e experiência, pela sua forma de fazer gestão e, com certeza o Estado de Santa Catarina quer dizer ao Arthur Virgílio muito obrigado”, declarou a deputado Geovania de Sá.

“Eu tenho 25 anos de PSDB, sou mulher, negra e fico muito feliz de ouvir essa aula que o senador Arthur Virgílio trouxe para nós, muito obrigada, de coração”, reforçou Patrícia Sobreira, do Tucanafro de Santa Catarina.

Arthur avaliou sua trajetória nos últimos dias como altamente positiva e bem recebida pelos militantes e lideranças tucanas. “Há muito tempo eu não percorria o Brasil assim, de uma só vez, várias cidades. 

Estou honrado, gratificado e feliz, tanto pela receptividade, pelo carinho com que estou sendo recebido, quanto por constatar que estou falando o que as pessoas esperavam ouvir. 

Falando sobre o futuro que queremos para o Brasil, sobre a Amazônia, sobre o PSDB, sobre espantarmos os fantasmas que nos perseguem como a fome, a pobreza, a violência, o preconceito de todas as formas. Estou feliz com o resultado”, finalizou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.