Últimas

Bolsonaro participa de encerramento da 1ª Consagração Pública de Pastores do Estado do Amazonas

Com o tom de preocupação, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) participou do encerramento da 1ª Consagração Pública de Pastores do Estado do Amazonas, ocorrida, na manhã desta quarta-feira, 27/10, no Centro de Convenções Vasco Vasques, zona Centro-Sul de Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O evento, coordenado pela Base Cristã do Amazonas, reuniu lideranças evangélicas do Estado e contou com a presença do apoiador do presidente na região, coronel Alfredo Menezes (Patriota), prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), e do governador Wilson Lima (PSC). Na ocasião 100 pastores, entre homens e mulheres, receberam a consagração do ministro e também vereador Marcel Alexandre.

Em seu discurso, Bolsonaro destacou praticamente o fim de invasão em terras no país, conflitos indígenas porque estão sendo feito trabalhos neste setor. Ele destacou ainda a importância da liberdade de expressão, salientando as eleições de 2022, uma vez que quem for o líder brasileiro irá indicar dois nomes para o Supremo Tribunal Federal.

“A liberdade você não perde de uma hora pra outra. Olha a importância das eleições do ano que vem. Quem for eleito indica dois nomes para o Supremo. É saudável fazer renovação no legislativo e judiciário. Veja o que aconteceu com a Venezuela, um país riquíssimo da América do Sul e para onde foi?”, questionou.

O presidente criticou o valor alto do combustível e justificou que está em todo o mundo e afirmou que foi o único chefe de Estado a combater o “vírus do desemprego”. “A turma do fica em casa que depois veria a economia. Com isso, 38 milhões de pessoas foram lançados na miséria, senão fosse ajuda do Governo Federal essas pessoas estariam nas ruas. Vamos ajudar o Brasil com consciência”, desabafou e após o término do discurso foi abençoado pelos participantes.

O presidente chegou à capital amazonense na noite da última terça-feira, onde participou de um jantar na casa do general do Exército, Eduardo Pazuello. Bolsonaro retornará a Brasília ainda nesta quarta-feira, após participar do culto de abertura da Convenção das Assembleias de Deus no Brasil (CADB), que vai ocorrer na Igreja Evangélica Assembleia de Deus (Ieadam), no auditório Canaã, bairro Japiim, zona Sul.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.