Últimas

Defensor geral dá posse a 12 novos servidores aprovados em concurso público

O defensor público geral, Ricardo Paiva, deu posse a 12 novos servidores da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) nesta segunda-feira (04/10). Os servidores empossados, que foram aprovados em concurso público, reforçarão o quadro de pessoal em Tefé, sede do Polo do Médio Solimões, Humaitá, sede do Polo do Madeira, e em Manaus. A cerimônia de posse foi realizada na sala do Conselho Superior, na sede da DPE-AM, com a presença dos familiares dos empossandos e membros da diretoria da instituição.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Para Paiva, os dias de posse de servidores são sempre um momento de alegria. Ele lembrou do processo de evolução da Defensoria, que avançou muito nos últimos anos e destacou o papel de cada integrante da instituição neste empoderamento. “Muito do que a Defensoria avançou foi pelo esforço de todos que aqui estão, e tenho certeza de que vocês que estão tomando posse hoje vêm com o mesmo sentimento de fazer a Defensoria crescer”, disse.

O defensor geral também ressaltou a função da instituição na sociedade e o papel dos novos servidores.

“A nossa missão é nobre, digna, e que muitas vezes santifica, porque a gente olha para aquelas pessoas que ninguém mais quer olhar, muitas vezes a gente dá visibilidade a pessoas que são invisíveis. É isso que todos os dias nos dá ânimo para continuar nessa luta, nesse sentimento que chamamos de ‘defensorar’. Que vocês possam encontrar propósito na Defensoria Pública. Alguns vão continuar aqui a vida toda, outros estão de passagem. Mas no tempo em que ficarem aqui, deem o melhor de vocês, porque muitas pessoas vêm aqui em busca de esperança, então vamos dar esperança a essas pessoas”, afirmou Paiva.

Discursando em nome dos servidores empossandos, Adryan Eber Rabelo Silva citou Benjamin Franklin ao falar da máxima de que “o trabalho dignifica o homem” e como isso se torna mais especial no trabalho dentro da Defensoria. “A Defensoria procura levar justiça para quem não pode pagar por ela. Nosso trabalho aqui é ajudar que as pessoas consigam ter seus direitos atendidos”, disse.

Também participou da posse o subcorregedor da Defensoria, Vitor Kikuda, que destacou que o trabalho na instituição é grande, mas ao mesmo tempo gratificante. “Façam desse dia algo para nunca esquecer. A partir de amanhã vocês passam a fazer parte desta família. Obrigado por quererem estar aqui”, pontuou.

Para o diretor administrativo da Defensoria, Rudson Nunes, o dia de posse de servidores é um momento de alegria de todos, de quem assume cargo e da instituição também.

“A partir de agora vocês também vão cumprir essa missão de ser agente de transformação social, e vão dividir conosco essa responsabilidade. O que a gente e a sociedade pedimos é que vocês dêem o melhor de si. A Defensoria ainda tem muito a crescer e nós contamos com vocês para isso”, concluiu.

Tomaram posse os servidores e servidoras: Adryan Eber Rabelo Silva (assistente técnico administrativo – Tefé); Junior Barbosa dos Santos (assistente técnico administrativo – Humaitá); Paulo Guilherme Amorim Teles (analista jurídico – Manaus); Isabelle Queiroz de Lima (analista jurídico – Manaus); Donaldo Garcia Jana Riker (analista jurídico – Manaus); Giselle Cordeiro Sampaio (analista jurídico – Manaus); Loren Lay Lagoa Jacaúna (analista jurídico – Manaus); Lorena Alves Tavares (analista jurídico – Manaus); Ruan Patrick Teixeira da Costa (analista jurídico – Manaus); Felipe Araújo Duarte (analista jurídico – Manaus); Roberto Rossi da Costa Reis (analista jurídico – Manaus); e Thirso del Corso Neto (analista jurídico – Manaus).

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.