Últimas

Em Iranduba, PC-AM prende quarto envolvido em homicídio triplamente qualificado de mulher

Em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes de investigação da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), deflagrou ação policial nesta sexta-feira (08/10), que resultou na prisão de Josias Ferreira da Silva, de 27 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver praticados contra Enmyly Braga do Nascimento, que tinha 28 anos. O crime ocorreu no dia 17 setembro deste ano.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com o delegado Raul Neto, titular da 31ª DIP, Josias é o quarto envolvido na morte de Enmyly. Na ocasião do delito, ele juntamente com outros três indivíduos identificados como Joanderson da Silva Nascimento, Lucas Gabriel e Wesley Lavareda Ferreira, presos em flagrante, momentos após o crime, atraíram a vítima e efetuaram disparos de arma de fogo contra ela.

“Segundo as investigações, o crime foi motivado pelo fato de Enmyly ter armado uma emboscada para Alessandro da Silva de Oliveira, conhecido como ‘Ratão’, que foi morto no dia 16 de setembro deste ano. Os indivíduos eram parceiros de ‘Ratão’ e mataram a mulher para vingar a morte dele”, explicou o delegado.

A autoridade policial relatou que o mandado de prisão preventiva em nome de Josias foi expedido no dia 8 de outubro deste ano, pela juíza Dinah Câmara Fernandes, da 2ª Vara da Comarca de Iranduba.

“Com a ordem judicial decretada, seguimos em diligências e cumprimos o mandado nesta sexta-feira, em uma via pública, em frente à praça dos Três Poderes, no Centro, em Iranduba”, disse Raul Augusto.

Procedimentos – Josias foi conduzido à 31ª DIP e irá responder pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e associação criminosa. Ele permanecerá custodiado na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.