Últimas

Em Rio Preto da Eva, campanha ‘Floresta Faz a Diferença’ promove educação ambiental e conscientização

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), juntamente com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Estado de Educação e Desporto e Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), realiza nesta quarta-feira (27/10), no município de Rio Preto da Eva (distante 57 quilômetros de Manaus), a última etapa da campanha “Floresta Faz a Diferença” na Região Metropolitana de Manaus.


A programação, que tem o objetivo de conscientizar a população contra o desmatamento e as queimadas ilegais, teve início ontem (26/10), na Escola Estadual Rio Preto da Eva, contando com palestras e debates acerca da importância de se manter vigilante para o combate dos crimes ambientais. Representantes de instituições, lideranças do município, professores da rede básica e alunos do Ensino Médio estiveram presentes no primeiro encontro.

Hoje (27/10), a Biblioteca Móvel do Ipaam, que leva cerca de 600 exemplares de livros de educação ambiental, estará nas dependências do local, realizando atividades lúdicas e oficinas de leitura com os estudantes. A atividade será coordenada pelo assistente técnico do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) do Instituto, Gilmar Ribeiro, que destaca a força da educação ambiental como instrumento de conscientização e transformação por meio da campanha.

“Já realizamos a campanha em 13 municípios da Região Metropolitana de Manaus. A união das entidades abriu portas para que pudéssemos realizar atividades de sensibilização sobre a importância do cuidado ambiental por meio da educação, impulsionando a população para a mudança de atitude urgente em relação às queimadas e desmatamento em nosso estado”, pontuou.

Além das ações na Biblioteca Móvel, o analista ambiental da Gerência de Controle Agropecuário (GCAP) do Ipaam, Clemerson de Sales, dará continuidade às discussões no auditório da Escola Estadual Rio Preto da Eva, prestando esclarecimentos e orientando os presentes no evento.

Rede de conscientização – Segundo dados do NEA, aproximadamente 4 mil multiplicadores das mensagens e orientações educativas participaram diretamente das atividades da campanha, entre eles gestores de escolas, estudantes, representantes de instituições públicas e privadas, lideranças comunitárias e voluntários que abraçaram a causa.

A campanha “Floresta Faz a Diferença” esteve nos principais municípios da Região Metropolitana da capital, sendo eles: Iranduba, Manacapuru, Novo Airão, Itacoatiara, Silves, Itapiranga, Presidente Figueiredo, Autazes, Careiro, Careiro da Várzea, Manaquiri e Manaus.

Nas cidades, além do apoio das secretarias municipais de Meio Ambiente, estiveram participando em parceria as secretarias municipais das áreas de Educação, Saúde e Cultura; Guardas Municipais; Defesa Civil; Polícia Militar do Amazonas (PMAM); Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM); Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam); e sindicatos rurais.

FOTOS: Divulgação/Ipaam

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.