Últimas

Internos do sistema prisional participam de oficinas de capacitação do Sebrae

Nesta segunda-feira (18/10), novas turmas de internos do sistema prisional amazonense iniciaram as oficinas de capacitação ofertadas em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Durante três dias, um tema referente à prática do empreendedorismo será abordado diariamente para o público.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Assim como na primeira rodada, as oficinas virtuais terão duração de duas horas e serão sobre Modelo de Negócios, Formalização do MEI (microempreendedor individual) e Educação Financeira. No primeiro ciclo, 136 apenados foram beneficiados com a iniciativa, dessa vez, a parceria alcança um total de 137 reeducandos.

Os inscritos são das seis unidades prisionais da capital: Centros de Detenção Provisória de Manaus 1 e 2 (CDPM 1 e 2), Centro de Detenção Feminina (CDF), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), e da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), no interior.

Para a chefe do Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc), Keyla Prado, as oficinas têm sido um verdadeiro sucesso. “Tem sido muito proveitoso para os internos a participação nessas oficinas. A iniciativa tem plantado em muitos o desejo de administrar um negócio próprio, além de esclarecer as dúvidas a respeito do empreendedorismo”.

Parceria – As empresas terceirizadas que gerem as unidades prisionais foram fundamentais para a realização das oficinas: Reviver Administração Prisional Privada, RH Multi e New Life Gestão Prisional.

Aprender a Empreender – Também nesta segunda-feira foi dado início ao curso “Aprender a Empreender”, para o público externo, composto por apenados dos regimes semiaberto e aberto, pessoas em alternativa penal e egressos do sistema prisional.

A capacitação, com duração de uma semana, está acontecendo de forma presencial no Palacete Provincial, no Centro Histórico de Manaus, das 9h até meio-dia, a 40 participantes.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.