Últimas

Livro com memórias de coronel que lutou na Segunda Guerra é lançado em Manaus

O livro “Verás que um filho teu não foge à luta”, sobre as memórias do coronel José Alípio de Carvalho, que chegou a lutar na Segunda Guerra Mundial e serviu no Amazonas, é lançado nesta quinta-feira (07/10). O evento, realizado no Salão Nobre do Centro Cultural Palácio Rio Negro, será transmitido pelo Youtube (https://youtu.be/MH0ytQrBUI4).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O livro foi organizado pela sobrinha, Márcia Baraúna, e pela viúva, Clio Baraúna, e é uma autobiografia do militar, que conta a história de seus antepassados e de sua vida, desde a infância, juventude, passando pela atuação no fim da Segunda Guerra, quando lutou em Monte Castelo, na Itália, em 1944, até os anos de serviço militar na Amazônia.

José Alípio era natural do estado da Paraíba, e morreu aos 75 anos, em 1995. No Amazonas, ele serviu no Comando de Elementos da Fronteira, 27º Batalhão de Caçadores, 29ª Circunscrição de Serviço Militar e no Grupamento de Elementos da Fronteira.

“Ele foi um herói de guerra, lutou mesmo baleado até a vitória em Monte Castelo. Esse livro diz realmente quem foi ele, o pensamento dele, a convivência dele com a família, com a qual sempre foi muito ligado, e mesmo depois que saiu do exército não conhecia o ócio. Era um grande homem”, comenta Clio Baraúna.

O livro “Verás que um filho teu não foge à luta" ficará disponível para o público no Espaço Cultural Célula Mater, do 1° Batalhão de Infantaria da Selva (BIS), em Manaus.

Exposição - Além do livro, o acervo pessoal do militar, com documentos, condecorações e medalhas, fará parte de uma exposição no Centro Cultural Palácio Rio Negro, de 12 a 17 de outubro. Após o fim da exposição, o acervo será doado ao 1° BIS.

O público poderá visitar durante o horário de funcionamento do espaço, de terça a sábado, das 9h às 17h. É necessário agendamento pelo Portal da Cultura. O Palácio Rio Negro fica localizado na avenida Sete de Setembro, 1546, Centro, em Manaus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.