Últimas

‘Mostra Wagner Melo’ reunirá extenso acervo do artista no Palacete Provincial

A “Mostra Casa Museu Wagner Melo”, que será realizada entre os dias 3 e 6 de novembro, no Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro) reunirá mais de 1.900 objetos e uma programação com exibição de vídeos e leituras dramatizadas que contemplam 71 anos da vida do artista amazonense. O evento, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, será gratuito.


A mostra é um misto de acervo e processos criativos do diretor, cenógrafo, produtor e dramaturgo Wagner Melo. O acervo reunirá 857 CDs, 792 DVDs, 277 livros e impressos sobre arte, cultura e cinema.

Nos processos, o público encontrará registros de “A última dança de Cátia Bolerão”, primeira montagem que Wagner fez em Manaus; o artista como Piaf Gaynor, na adaptação de “O belo indiferente”, de Jean Cocteau; e da montagem “Romeu Garantido e Julieta Caprichoso”, que mostra a rivalidade dos bumbás, numa versão regional do clássico de William Shakespeare.

Os itens ficarão expostos no Museu de Imagem e Som do Amazonas (Misam), que fica dentro do Palacete.

Programação - Além dos itens, o público poderá acompanhar uma programação com sessões de vídeo e leituras dramatizadas escolhidas pelo próprio artista. A abertura será realizada na quarta-feira (3/11), às 10h. Às 10h30, será exibida a sessão de vídeo “Mundica”, da companhia de teatro de repertório Wagner Melo.

Às 15h, ainda na quarta-feira, acontecerá a leitura dramatizada de “Vida de Palhaço Fellini para Crianças”, de Wagner Melo, com o Grupo Experimental de Teatro do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro.

Na quinta-feira (4/11), a partir de 9h30, serão exibidos o filme “Villa-Lobos: uma vida de paixão”, de Zelito Viana, e o documentário “O Cineasta da Selva”, de Aurélio Michiles.

Na sexta-feira (5/11), também às 9h30, “Dzi Croquettes”, filme de Tatiana Issa e Raphael Alvarez. Às 15h, acontecerá a leitura dramatizada do texto “Dziprocesso”, de Jorge Bandeira com Wagner Melo, e convidados.

No sábado (6/11), a programação encerra com o filme “A Selva”, filme de Leonel Silva, às 9h30.

Acesso - Para visitar o Palacete e a mostra de Wagner Melo é preciso agendamento pelo Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br) dentro do horário de funcionamento do espaço, das 9h às 17h. O público também precisa apresentar a carteira de vacinação com as duas doses contra a Covid-19, ou ainda no prazo para tomar a segunda dose. O uso de máscara é obrigatório.

FOTOS: Michael Dantas/ Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Palacete)

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.