Últimas

Outubro Rosa: Fisioterapia evita atrofia muscular e rigidez das articulações, afirma especialista Ráiner Figueiredo

No mês da campanha de prevenção e combate ao Câncer de Mama, que atualmente no Brasil já afetou só em 2020 mais de 66 mil mulheres, é importante lembrar que os casos também podem afetar os homens e prejudicar ambos em caso de recusa de pacientes com o pré e pós operatório sem um especialista fisioterápico.


Quem afirma é o fisioterapeuta, Ráiner Figueiredo, que atua profissionalmente com pacientes que precisam de serviços fisioterápicos no Instituto Doctors, em Manaus.

Ele explica que o câncer de mama surge em algumas mulheres por terem predisposição genética e que existem algumas medidas capazes de prevenir o surgimento da doença. "O papel da fisioterapia é a manutenção do equilíbrio corporal, evitando o sedentarismo com a prática de atividade física e movimentando o corpo com exercícios periódicos. Outras medidas que podemos citar segundo literaturas são: A manutenção do peso e evitar a obesidade; Ter uma alimentação saudável e balanceada; Reduzir ingestão de bebidas alcoólicas e evitar o tabagismo”, alerta.

A identificação de que um paciente necessite fazer fisioterapia, acontece desde o início do diagnóstico de câncer de mama, segundo Ráiner. O objetivo principal dos exercícios é prevenir os distúrbios causados pelo tratamento oncológico, já que a fisioterapia atua nas sequelas que o tratamento pode causar de forma preventiva para diminuir os efeitos colaterais. A importância deste profissional é no pré e pós operatório, que atuará na reabilitação funcional e diminuição das complicações em pacientes mastectomizados.

Além das sequelas psicológicas, o especialista explica que existem as físicas que prejudicam o movimento dos ombros, alteração tátil na área e dores eventuais. “A fisioterapia atua na diminuição desses sintomas, com recursos elétricos, termo e fototerapêuticos, além dos exercícios clássicos e terapias manuais e complementares. A atuação no pós operatório se dá na devolução e restauração da integridade cinético-funcional de órgãos e sistemas, proporcionando uma reabilitação global desse paciente, contribuindo assim, para uma melhora significativa de sua qualidade de vida”, disse.

Ráiner explica ainda, que fazer exercícios em casa sem acompanhamento de um profissional não é recomendável, porém é passado pelo especialista um plano de exercícios para a prática conforme a necessidade do paciente. Outro ponto abordado e lembrado pelo fisioterapeuta é que o Câncer de mama também atinge os homens, porém em menores números de casos, sendo necessário os mesmos cuidados feitos com as mulheres.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.