Últimas

Outubro Rosa: Governo do Estado reúne serviços de saúde, cidadania e empreendedorismo no Magdalena Arce Daou

O Governo do Amazonas, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), oferece ações gratuitas em alusão à campanha Outubro Rosa – de prevenção ao câncer de mama e colo de útero – durante dois dias, no Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Magdalena Arce Daou, localizado na avenida Brasil, Santo Antônio, zona oeste de Manaus. Os serviços estão disponíveis nesta terça e quarta-feira (05 e 06/10), com atendimento das 8h30 às 16h30.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Voltada especialmente para as mulheres, a programação foi aberta pelo governador Wilson Lima e pela primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima. O intuito da mobilização é alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, e, também, sobre o câncer de colo do útero.

“Aqui nós também temos serviços voltados para os homens, mas é uma ação mais para as mulheres. Serão dois dias em que teremos vários serviços, sempre lembrando, enfatizando a importância de nós, enquanto mulheres realizarmos os nossos exames preventivos, cuidar da alimentação, da atividade física e, assim, conscientizar as mulheres da nossa cidade, do nosso estado, para que se cuidem cada vez mais”, observou a secretária executiva do FPS, Kathelen Santos.

Serão oferecidos serviços voltados para a saúde com atendimento ginecológico, triagem, testes rápidos, testes para detecção de Covid-19 e consulta de enfermagem. Além dos atendimentos oferecidos durante a programação, os serviços poderão ser encontrados nas seguintes unidades de saúde do Estado: Policlínica Zeno Lanzini, Policlínica Antônio Aleixo, Policlínica Gilberto Mestrinho, Policlínica Danilo Correa e Policlínica da Codajás.

“Esta é a oportunidade da gente relembrar essa mulher o quanto ela é valorosa, o quanto ela precisa se olhar, se amar e se cuidar. Então, nas outras unidades, nós vamos ofertar, durante todo o mês, uma agenda extra de serviço para que a gente possa fazer a avaliação dessas mulheres e encaminhar, caso elas tenham algum diagnóstico que seja relacionado ao câncer de mama ou outra patologia ginecológica”, detalhou Márcia Murad, secretária adjunta de Assistência Especializada da Capital da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM).

Social e cidadania – Também estão sendo realizadas emissão de RG, palestra da Rede Mulher, emissão de carteirinha da Pessoa com Deficiência (passe-livre), atendimento psicossocial e serviços de autoestima, como design de sobrancelha, corte de cabelo e esmaltação de unhas. A ação inclui ainda uma feira de artesanatos e atividades como aulas de ritmos e funcional do projeto RespirAR.

“Eu vim aqui através da minha cunhada, que me disse que estão tirando a segunda e a primeira vias de documentação, então aproveitei essa oportunidade para vir atualizar. A gente aproveita também o Outubro Rosa, para todas as mulheres virem fazer aquele exame do câncer de mama, colo do útero”, disse a autônoma Lívia Oliveira.

Durante o evento também está ocorrendo uma ação do programa de Crédito Solidário do FPS em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). O programa atenderá 200 pequenos empreendedores, com o valor disponibilizado em R$ 400 mil.

O Crédito Solidário disponibiliza o acesso ao crédito desburocratizado, com cunho social, voltado a pessoas sem vínculos empregatícios desempregadas ou subempregadas possibilitando a inserção do cidadão no mercado de trabalho, visando a autossustentabilidade por meio de sua geração de renda, na atividade declarada no atendimento.

“Eu trabalho com vendas de roupas, sapatos, perfumes e, no momento, eu estava sem condições. E veio numa hora certa, presente de aniversário, meu aniversário é 12 de outubro e eu vou, com esse dinheiro, poder vender mais minhas coisas, comprar os produtos que eu estava sem”, disse a empreendedora Maria Lucineide da Silva, beneficiada pelo Crédito Solidário, e que também aproveitou para fazer mamografia.

Além do FPS, SES-AM e Afeam, a programação em alusão ao Outubro Rosa também conta com a participação das secretarias de Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), da Assistência Social (Seas) e de Cultura e Economia Criativa, além do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar).

“A gente tem que chamar a atenção das mulheres, que a gente se toque, que a gente aprenda a fazer o toque de mama para detectar precocemente qualquer sinal de câncer. Que a gente faça regularmente o exame preventivo. É uma forma que o Governo tem de chamar a atenção da sociedade para que a gente evite que muitas mulheres ou que outras mulheres morram de cânceres que podem ser tratados”, ressaltou Alessandra Campêlo, titular da Seas.

O público que for buscar os serviços oferecidos precisa apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19. As atividades serão realizadas respeitando os protocolos sanitários. O uso de máscara, por exemplo, é obrigatório.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.