Últimas

​Ouvidoria do TCE-AM promoverá 5º Simpósio Nacional de Ouvidorias

Com o tema “Governança Pública, Ouvidoria e Cidadania Digital”, a Ouvidoria do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realizará, nos dias 25 e 26 de novembro, o 5º Simpósio Nacional de Ouvidorias.


O evento será realizado de forma híbrida.

Aos participantes serão concedidos certificados com oito horas complementares. As inscrições serão abertas no final deste mês.

Para evitar aglomerações, o público presente será restrito. “Estamos com as melhores expectativas, pois realizaremos, pela primeira vez, um evento híbrido, com a participação presencial dos palestrantes, debatedores, autoridades e convidados. O público em geral poderá acompanhar a transmissão do simpósio pelas redes sociais do Tribunal”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

De acordo com o ouvidor do Tribunal, conselheiro Érico Desterro, o objetivo do evento é proporcionar à sociedade amazonense e brasileira uma discussão e reflexão a respeito de governança pública. "Vamos debater o papel atual dos órgãos controladores e do controle social, visando à melhoria dos serviços públicos, assim como também propagar os valores fundamentais do Estado democrático de direito", informou o conselheiro-ouvidor do TCE-AM, Érico Desterro.

O evento tem como público-alvo membros das instituições públicas de todas as esferas e Poderes do Estado brasileiro, bem como de ensino, além de gestores, servidores públicos, comunidade acadêmica, imprensa, movimentos sociais e a sociedade civil em geral.

Sobre o Simpósio

Idealizado pela Ouvidoria do TCE-AM, o evento contará com a parceria do Instituto Rui Barbosa (IRB), da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), da Rede de Ouvidorias do Amazonas, do Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM) e da Escola de Contas Públicas (ECP) do TCE-AM.

Ao todo, quatro edições do simpósio já foram realizadas, que tiveram como temáticas “O Papel da Ouvidoria no Cenário Atual de Crise Política, Institucional e Ética”, “Os 30 anos da Constituição Cidadã e a evolução dos mecanismos de controle”, “Ouvidoria Contemporânea: governança, cidadania e inovação” e “A (re)construção das ouvidorias frente à administração pública digital e dinâmica”.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.