Últimas

PC-AM cumpre mandado de prisão de homem por roubo praticado contra estabelecimento comercial

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 18° Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu na quarta-feira (29/09), Otávio Oliveira de Sousa, 21, conhecido como “Tavinho”, em cumprimento a mandado de prisão temporária pelo crime de roubo majorado, praticado contra um estabelecimento comercial, localizado na rua São Lucas, bairro Colônia Santo Antônio, zona norte da capital. O crime ocorreu no dia 19 de setembro deste ano.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Durante a ação policial, também foram presos em flagrante Edelano Silva Freite e Victor Diogo Barreto Barros, de idades não reveladas, em posse de substâncias entorpecentes, balança de precisão e uma arma de fogo, que havia sido utilizada no roubo, por Otávio. As prisões ocorreram no conjunto Manôa, bairro Cidade Nova e Gilberto Mestrinho, zonas norte e leste de Manaus.

Conforme o delegado Ricardo Cunha, titular do 18° DIP, no dia do roubo, Otávio entrou no estabelecimento comercial, juntamente com um comparsa, ameaçou o gerente do local com uma arma de fogo, e subtraiu toda a renda do comércio, além de levar mercadorias e o aparelho celular de um funcionário.

“Após as investigações, identificamos o indivíduo e solicitamos à Justiça pela prisão dele, e a ordem judicial foi decretada na sexta-feira (24/09). Sendo assim, fomos até a sua casa e efetuamos a prisão. Também recebemos informações que a arma de fogo utilizada no crime estaria em posse de criminosos no Gilberto Mestrinho”, relatou Cunha.

A autoridade policial informou que, em continuidade aos trabalhos, os policiais se dirigiram ao endereço e flagraram Edelano e Victor em posse de drogas, balança de precisão e uma arma de fogo.

Procedimentos – Todos foram conduzidos ao 18º DIP. Otávio responderá por roubo majorado. Já Victor e Edelano foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Eles serão encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.