Últimas

PC-AM deflagra operação Interior Mais Seguro no município de Iranduba

Nas primeiras horas desta quarta-feira (20/10), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), em ação conjunta com a Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), deflagrou, por meio da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), a Operação Interior Mais Seguro, com o objetivo de cumprir 11 mandados de busca e apreensão por crimes como tráfico de drogas, armas e homicídios, em áreas distintas daquele município.


Durante a ação, sete pessoas foram presas em cumprimento de mandados de prisão que estavam em aberto pelos crimes de tentativa de homicídio e homicídio. Dentre elas, Luciele Simões de Carvalho, 29, conhecida como “Nana”; Josinei Simões de Carvalho, 23, conhecido como “Cuca”; Arleilton Gonçalves Rodrigues, 35, conhecido como “Dondom” e Josias Ferreira da Silva, 27, conhecido como “Papinha”. Além disso, um adolescente de 17 anos, conhecido como “Oncinha”, foi apreendido por ato infracional análogo ao crime de homicídio.

A delegada-geral da PC-AM, Emília Ferraz, que acompanhou a operação, reforçou a importância da retirada desses indivíduos do convívio social e ressaltou o êxito da ação.

“É importante dar essa resposta à sociedade. Quando retiramos essas pessoas de circulação, conseguimos levar mais tranquilidade para aqueles cidadãos que contribuem de forma honesta para o crescimento social. Hoje, tivemos mais uma operação exitosa da nossa Polícia Civil do Amazonas com suporte imprescindível da Secretaria de Segurança Pública”, disse ela.

Segundo o delegado Raul Augusto Neto, titular da 31ª DIP, os homicídios estão relacionados a intensa prática de tráfico de drogas e guerra de facções ocorridas entre os meses de julho e setembro deste ano, naquele município.

Durante a ação policial, as equipes também prenderam, em flagrante, Mayk Sena Lima, 39, conhecido como “Pezão”, por tráfico de drogas; e Emerson Simões de Carvalho, 24, por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Com esse último, foram apreendidos um revólver calibre 32 e seis munições intactas.

A operação reúne 65 servidores e conta com o apoio do Departamento de Polícia Metropolitano (DPM), Departamento de Polícia do Interior (DPI), Departamento de Investigação Sobre Narcóticos (Denarc) e das delegacias especializadas em Crimes Contra a Fazenda Pública Estadual (DECCFPE), Crimes Contra o Consumidor (Decon), Acidentes de Trânsito (Deat), Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), Apuração de Atos Infracionais (Deaai), Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Crimes Contra Idoso (Decci), Crimes Contra Mulher (Deccm), Roubos, Furtos e Defraudações (DERFV) e Homicídios e Sequestros (DEHS), além dos 20° e 22° Distritos Integrados de Polícia (DIPs).

Procedimentos – Os sete indivíduos presos e o adolescente apreendido foram encaminhados ao prédio da unidade policial de Iranduba. Ao término dos procedimentos cabíveis, eles ficarão custodiados na carceragem da delegacia à disposição da Justiça.

FOTOS: Mayara Viana/PC-AM

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.