Últimas

Prefeitura de Manaus realiza reunião estratégica com os gestores da zona Sul sobre avaliação nacional

Com a palestra “Ações Estratégicas do gestor: um caminho para resultado de excelência”, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), promoveu nesta quinta-feira, 28/10, pela manhã, a quarta reunião estratégica, para gestores das unidades de ensino da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul.


O encontro foi realizado no auditório do Instituto de Ensino Fucapi, localizado no Distrito Industrial, zona Sul, e foi voltado aos bons resultados para a prova do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Ao menos 42 escolas da rede municipal de ensino, da zona Sul, vão participar da prova do Saeb, com aproximadamente 22 mil alunos, entre o 5º e 9º ano do ensino fundamental, nas disciplinas de língua portuguesa e matemática. Os exames serão realizados no período de 8/11 a 10/12, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC).

Para fortalecer o trabalho pedagógico das unidades escolares, a divisão orientou para a realização de diversas ações pedagógicas, como aplicação de simulados, concurso de produção textual, gincanas, aulões, frequência do aluno, formação do professor e gestor, dentre outras atividades.

“Hoje nós estamos aqui realizando a quarta reunião estratégica de ações para o Saeb, com os nossos gestores. Nós estamos trabalhando desde o início a proficiência, do aprendizado do aluno em língua portuguesa e matemática, além do fluxo escolar, e também algo que é muito importante para o alcance dos resultados, o papel do gestor em todo processo das avaliações. Assim iremos alcançar o objetivo proposto pelo prefeito David Almeida, de oferecer uma educação de qualidade aos alunos”, salientou a chefe da DDZ Sul, Jecicleide Nascimento, sobre a importância da reunião com todos os gestores.

Apoio

De acordo com o gerente pedagógico da DDZ Sul, Renato Bezerra de Lima Júnior, foi realizado todo um procedimento para ajudar as escolas, desde o início do ano letivo, para que os alunos possam alcançar as metas.

“O trabalho foi muito intenso de acompanhamento, de realização de uma série de atividades, para que a gente tenha êxito na avaliação do Saeb. Tivemos dificuldades com dois anos de pandemia, mas não perdemos a esperança. Nós cultivamos nos gestores esse trabalho, intensificamos e o assessoramento esteve de perto, onde realizamos atividades que envolveram as escolas para capacitar, potencializar mesmo os alunos e professores”, comentou.

Esperança

Com 66 alunos do 5º ano, a escola municipal Sagrado Coração de Jesus, localizada no Centro, é uma das unidades escolares que vai participar da prova do Saeb. O diretor Carlos José Sales de Oliveira, contou que em 2019 os alunos obtiveram a média de 6,5, mas para ele, o resultado da avaliação deste ano será muito melhor.

“Nós procuramos sempre ter como referência as ações pedagógicas da nossa própria divisão, simultaneamente com a secretaria. A gente busca algumas ações em parceria com a nossa divisão, sendo uma delas, os simulados, também em parceria com a empresa Super Ensino, realizando os nossos simulados e fazendo gincanas com os alunos nos dois turnos, além disso temos as oficinas de escritores de língua portuguesa e de matemática”, informou.

A gestora Silvandira Lemos, da escola municipal Irmã Dulce, situada na comunidade São Sebastião, bairro Petrópolis, afirmou que o trabalho pedagógico das professoras é intenso com os 81 alunos do 5º ano, que vão realizar a prova do Saeb.

“Na escola nós fizemos várias ações com os alunos como o reforço escolar, apesar de ser dois turnos, fizemos no contraturno. Além disso, temos o reforço dos professores extras, e do Super Ensino, que está sendo muito importante para os alunos também. Realizamos vários desafios com atividades diversificadas para melhorar o rendimento”, disse.

Fotos - Cleomir Santos/Semed

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.