Últimas

Prefeitura e governo do Estado distribuem 20 mil alevinos a quatro polos da zona rural

Por meio de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Manaus e o governo do Estado, a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc) e Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) distribuíram, nesta quinta-feira, 7/10, 20 mil alevinos a piscicultores de quatro polos da zona rural da capital.


A primeira parte da entrega foi feita no pátio da Semacc, localizada no bairro São Francisco, zona Sul de Manaus, para 20 produtores dos polos 1, 2, 3 e 8, que trabalham com piscicultura na zona rural da cidade. Cada um recebeu uma embalagem com mil alevinos.

De acordo com a diretora de Agricultura e Abastecimento da Semacc, Meyb Seixas, os produtores que não conseguiram ir buscar a doação, a secretaria foi até eles entregar os alevinos, para que não fossem prejudicados.

“Foi uma equipe entregar para outros produtores do polo 2 e polo 8. São pequenos produtores, que não têm condições de vir buscar os alevinos na secretaria e nós fazemos questão de ir até eles”, destacou a diretora.

Essa primeira entrega de alevinos é fruto da parceria firmada com o governo do Estado, por meio da Sepror, durante o lançamento do 1º Plano Safra Manaus, para beneficiar o setor primário do município. De acordo com o engenheiro de pesca da Secretaria de Produção do Estado, Márcio Tchaca, além da doação dos alevinos, os piscicultores beneficiados vão receber acompanhamento técnico.

“Essa é a primeira ação de muitas que estão por vir e nosso objetivo não é apenas a entrega dos alevinos, mas, também, acompanhar os produtores até que esses peixes estejam prontos para serem vendidos aos consumidores”, explicou o engenheiro.

Moradora há mais de 20 anos da comunidade Frederico Veiga, localizada na BR-174, a piscicultora Izaura Batista cria tambaquis e matrinxãs, em sua propriedade. Ela afirma que está em busca de financiamento para aumentar a produção, que hoje é de duas toneladas de pescado por tanque, e agradeceu a ajuda.

“Isso é uma grande ajuda, porque um milheiro de alevinos desse para a gente comprar, desse tamanho, custa entre R$ 150 e R$ 200, então eu agradeço a Prefeitura de Manaus por ter ganhado esses alevinos. Agora é produzir mais e eu creio que coisas melhores virão”, finalizou a piscicultora.

Fotos - Fernando Matheus / Semacc

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.