Últimas

Prefeitura realiza workshop sobre desenvolvimento pessoal

A Prefeitura de Manaus realizou, neste sábado, 2/10, no Casarão da Inovação Cassina, no centro histórico, o 1° workshop "Despertar - Desenvolvimento Pessoal”, sobre autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, voltado ao público em geral, interessado em expandir o crescimento pessoal e profissional.


A ação fez parte da programação do “Mês do Empreendedor” realizada pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), que divulgará a programação completa do mês nesta segunda-feira, 4/10.

Uma das palestras foi da pedagoga, pesquisadora e master coaching Gisella Vieira Braga, que levou os 30 participantes a refletirem sobre "O Tempo de Evoluir", dando seu depoimento de superação que a fez fundar o blog "Manaus de Antigamente". 

O gestor do Museu da Cidade de Manaus, Leonardo Novelino, palestrou sobre "Perdas e Recomeços", tema que foi concluído pela pedagoga e pesquisadora Tânia Melo.

“O evento foi um sucesso, tendo em vista que era algo novo e a população ‘comprou’ a ideia. Foi uma parceria entre a prefeitura e o Legislativo municipal, por meio do vereador William 

Alemão e sua assessoria, que idealizaram e participaram das palestras, além da parceria com o blog ‘Manaus Antigamente’, que sempre está divulgando os espaços do casarão e contextualizando sua história desde a época de hotel Cassina”, disse o gestor do Casarão de Inovação Cassina e chefe de Empreendedorismo da Semtepi, Fábio Araújo.

O evento teve inscrição recorde com apenas 30 minutos do link aberto. Devido a grande procura de outros participantes interessados, a Semtepi promoverá, no dia 20/10, a mesma palestra, dentro do Sine Manaus, na avenida Constantino Nery, nº 1.272, bairro São Geraldo, zona Centro-Sul. As inscrições serão on-line, a partir do dia 15/10.

O workshop para desenvolvimento pessoal busca desenvolver habilidades e capacidades. Além disso, é conhecido pelo método eficaz, que associa a Programação Neurolinguística (PNL) física quântica e a visão sistêmica proporcionando o despertar.

“Isso traz a liberdade por meio de transformações de crenças que impedem, inclusive, que a pessoa saiba quem ela é verdadeiramente. A ideia foi fazer os participantes acreditarem que não são e nunca serão o conjunto de convicções que temos, mesmo porque elas nos impedem de viver nosso potencial. 

A Lei Universal da Correspondência nos ensina que o que tem dentro se projeta fora. Portanto, se na sua mente você vive o caos, cocriará uma vida assim também, mas se viver internamente o equilíbrio e a felicidade viverá esta realidade”, ressaltou Araújo.

Fotos – Divulgação / Semtepi

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.