Últimas

Professora da rede pública estadual ingressa na Academia de Letras e Cultura da Amazônia

“Te esperei, desde menina”. Esta foi a obra que levou a professora de Língua Inglesa, Nitokry Leveau, a ingressar na Academia de Letras e Cultura da Amazônia (Alcama). A docente é professora da Escola Estadual Francisca de Paula de Jesus, na zona norte de Manaus, onde leciona para estudantes do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental, e escreveu um livro autobiográfico no início da quarentena.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A autora conta que o título é para instigar os leitores a descobrirem o que a protagonista da obra – também chamada Nitokry – esperava e, com o desenrolar da história, deixá-los cada vez mais envolvidos com o enredo.

“Aos 3 anos de idade, a Nitokry já sente uma imensa saudade e quer reencontrar de qualquer maneira a pessoa com quem ela passou bons momentos da infância. Foi doloroso demais para uma criança conviver com uma imensa interrogação que perdurou por todas as fases de sua vida e que, desde muito cedo, aprendeu a lidar com os sentimentos de ansiedades, angústias, rejeições e tentar entender o motivo que levou essa pessoa educada, amável e prestativa ausentar-se assim”, diz a sinopse do livro.

A obra foi lançada em março deste ano e está disponível para venda com a própria autora e em sites de vendas de livros. Depois da publicação, Nitokry foi convidada a fazer parte da Academia de Letras.

“É uma honra muito grande, pois nunca pensei em minha vida em receber tal convite. Quando pensei em escrever o livro foi para a realização de um sonho antigo. Nunca pensei que esta obra pudesse alçar voos tão longínquos e convites inesperados. Foi algo muito emocionante porque é um reconhecimento de todo um esforço”, afirma a autora.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.