Últimas

Recuperação econômica é discutida na 4ª reunião de fórum municipal criado pela Prefeitura de Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), realizou, nesta quinta-feira, 14/10, a 4ª reunião do Fórum Municipal Permanente de Articulação da Zona Franca de Manaus (FOPAZFM), no auditório Joaquim Igrejas Lopes, da Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea).


Dentre as pautas discutidas estão a regularização fundiária, taxa de iluminação pública, recuperação das vicinais, criação e implantação da Central de Comercialização da Agricultura Familiar de Manaus, otimização do processo de licenciamento ambiental, implementação de sistemas de inspeção e fiscalização sanitária para a agricultura familiar, além da promoção do Refis municipal.

"O prefeito David Almeida vem recomendando que tratemos de pautas para a recuperação da economia da cidade e, neste sentido, as de hoje, tratadas na reunião, foram muito importantes. Além disso, também é imprescindível que a população também acompanhe essas discussões, que podem mudar a vida das pessoas", destacou o secretário da Semtepi, Radyr Júnior.

Na ocasião, estiveram presentes, além do gestor da Semtepi, Radyr Júnior, o subsecretário de Assuntos Operacionais, Gustavo Igrejas; o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Ademir Stroski; o secretário municipal de Finanças e Tecnologia da Informação, Clécio Freire; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo; o presidente da Faea, Muni Lourenço; e o vereador William Alemão, como representante da Câmara Municipal de Manaus.

Fórum

O FOPAZFM foi criado pelo decreto municipal n° 5.049/2021, assinado pelo prefeito David Almeida, em virtude da necessidade de integração municipal entre os setores da indústria, comércio e agropecuária, que compõem a Zona Franca de Manaus. O fórum é permanente e tem a Semtepi como secretaria executiva.

Dentre as atribuições do FOPAZFM estão estimular a articulação entre os segmentos econômicos, pilares da ZFM, promover negócios que tragam benefícios, como a geração de renda para a sociedade; a integração do comércio varejista, de pequenos supermercados e estabelecimentos, com os agricultores e as agroindústrias locais, buscando assim, aumentar as compras regionais, incentivar a agroindustrialização dos produtos locais, articular ações voltadas ao desenvolvimento de programas e de formação e capacitação, além de dar apoio às atividades lideradas pelo fórum.

Fotos – Marcely Gomes / Semcom

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.